Coro da Lapa encheu a igreja matriz para a última iniciativa comemorativa dos 50 anos de sacerdócio do padre Armindo Gomes em Santiago de Bougado.

O encerramento das comemorações do jubileu paroquial do padre Armindo Gomes à frentede Santiago de Bougado ficou marcado pelo concerto do Coro Polifónico da Lapa, que encheu a Igreja Matriz de Santiago de Bougado, na noite de sábado, 27 de outubro. Acompanhado pela orquestra “Sine Domine”, o coro interpretou duas obras de Johannes Sebastian Bach: Magnificat e Cantata 147.

Presente no concerto, o cónego Ferreira dos Santos é um sacerdote trofense, natural de Guidões, compositor de várias obras religiosas, foi o fundador do Coro da Lapa e é o diretor artístico da Orquestra “Sine Domine”.

Este concerto coloca um ponto final no programa de comemorações dos 50 anos de sacerdócio de Armindo Gomes na paróquia de Santiago de Bougado. No dia 21 de outubro, realizou-se a eucaristia comemorativa, na igreja matriz, e um jantar-convívio, na Quinta d’Alegria, em Ribeirão, que juntou cerca de 600 pessoas.

{fcomment}