Perto de 50 crianças e 40 seniores do concelho de Vila Nova de Famalicão reuniram-se na passada sexta-feira, no Museu da Indústria Têxtil, para juntos celebrarem o Dia Nacional da Terceira Idade. A iniciativa proposta pela Câmara Municipal de Famalicão teve como tema "Memórias do Têxtil". Numa verdadeira viagem pelo tempo, os mais velhos iam saciando a natural curiosidade das crianças, que não paravam de fazer perguntas sobre os tempos antigos, quando a grande maioria da população do concelho ainda trabalhava no têxtil.

 A boa-disposição e a alegria de todos marcaram a jornada, resultando em momentos de grande convívio e na troca de experiências entre duas gerações de famalicenses. "Entre as crianças, o tempo parece que recua e a vida ganha mais vida", salientava um dos seniores. Por sua vez, os mais novos apreciavam a companhia e sabedoria dos idosos.

A jornada foi ainda animada por um actor que ia brincando com as várias situações. Depois de uma visita guiada ao Museu, com paragem obrigatória em todas as máquinas, teares e bobinadoras, chegou a altura de recordar os tempos antigos, com as crianças a mostrarem muito entusiasmo e curiosidade pelas histórias relatadas.

Para o vereador da Educação, Leonel Rocha, que também participou na iniciativa "esta foi uma forma muito original de assinalar o Dia Nacional da Terceira Idade". E acrescentou: "É sempre muito enriquecedor juntar estas duas gerações de famalicenses".