colegio_ 

Elefantes, pinguins e peixes foram apenas algumas das muitas figuras que serviram de inspiração aos alunos do Colégio da Trofa que, na sexta-feira, fizeram a Festa de Final de Ano com música, teatro e muita animação.

Perante o olhar atento e orgulhoso dos pais e professores, as crianças e jovens fizeram as delícias da plateia com as actuações inspiradas em histórias originais. É o caso de Ivo Sousa e Gonçalo Moreira, ambos do 7ºano, que interpretaram a peça “O macaco de rabo cortado”. “É um macaco que vai a passar pelos meninos da escola e eles começam a fazer troça dele”, contou Ivo Sousa entusiasmado, para quem a Festa de Final de Ano representou um momento de “convívio para os de dentro e os que vêm de fora”. Já para Gonçalo Moreira significou “mais um ano lectivo passado” que, apesar de “algumas notas menos boas, correu bem”.

Desde o ensino pré-escolar até ao secundário, todos participaram na festa que assinalou o final do ano lectivo no Colégio da Trofa, que juntou cerca de 600 pessoas, onde criatividade e animação foram palavras de ordem.

“Multiplicidade de actividades em que os alunos são uns grandes actores e protagonistas de uma festa bonita”. Foi desta forma que Manuel Pinheiro, director do Colégio da Trofa, caracterizou a Festa de Final de Ano que, segundo o responsável também “faz parte da formação geral dos jovens”.

Para além do convívio e da diversão, a Festa de Final de Ano quer-se também pedagógica e reflexo da aprendizagem dos alunos. “Estas actividades de festa, responsabilidade e convívio são muito importantes para que os jovens cresçam em harmonia”, afirmou Manuel Pinheiro ao NT/TrofaTv.

Em jeito de balanço do ano lectivo que se encerra, o director do Colégio da Trofa diz que, apesar das mudanças realizadas ao longo do ano, o trabalho desenvolvido foi muito positivo. “Foi um ano difícil, mas penso que o trabalho conseguido foi muito positivo e a forma mais clara de constatarmos essa satisfação é que a partir de Setembro iremos ter mais do dobro dos alunos que herdámos no ano passado, o que é sinal de que estamos no caminho certo”, adiantou. “Estamos a trabalhar num projecto de excelência e referência e vamos procurar consegui-lo sempre que possível”, rematou.

Recorde-se que ao longo do ano lectivo passado, o Colégio da Trofa foi alvo de uma profunda reabilitação, com a modernização das salas de aulas, a aposta nas novas tecnologias e nos equipamentos modernos, como são exemplo o novo pavilhão gimnodesportivo e a renovada cantina escolar.