O passado, o presente e o futuro nortearam o jantar de comemoração dos 25 anos do Centro Recreativo de Bougado.

Os 25 anos do Centro Recreativo de Bougado (CRB) foram festejados de modo especial pelos dirigentes da associação, sediada em Cidai, Santiago.

“Cerca de 80 pessoas”, segundo divulgou Luís Neves, presidente do CRB, juntaram-se aos festejos na noite de sexta-feira, 4 de julho, no restaurante Os Sousas.

Além de distinguir os atletas que, na temporada passada, conseguiram a subida à 1ª Divisão distrital de iniciados, em futsal, a direção também quis “homenagear duas pessoas que foram muito importantes para o CRB”. Trata-se dos dois antigos presidentes, Fernando Silva, “que arrancou com o projeto da associação, pagou e organizou tudo”, e Rebelo Maia que, “numa altura de viragem, se chegou à frente para comprar o terreno”, onde atualmente está construído o pavilhão.

A ocasião também foi aproveitada para recordar momentos áureos da associação, como aquele em que a formação de “femininos absolutos, na época 94/95 jogou nos campeonatos da Federação Portuguesa de Futebol de Salão e foi a quarta melhor equipa nacional”. “Nessa altura, em iniciados masculinos, também nos campeonatos da Federação Portuguesa de Futebol de Salão, o CRB foi vice-campeão e ganhou duas taças regionais, tendo o direito de participar na Taça Nacional, onde foi finalista vencido”, contou Luís Neves. O pentacampeonato alcançado pelos veteranos, nos campeonatos concelhios, também não foi esquecido pelos dirigentes da coletividade.

E o futuro? Para o presidente do CRB, a prioridade está para a inauguração do pavilhão polidesportivo, com todas as obras necessárias concluídas, como “o arranjo do espaço exterior” e a construção de “uma sala de reuniões”, “uma sala-museu” e “um salão amplo, por cima dos balneários”. “Estamos a contar angariar verbas que poderão dar oportunidade de inaugurar no próximo ano”, vaticinou.

Luís Neves aproveitou para “pedir desculpa” às pessoas que “deviam ter sido convidadas para o jantar e não foram”, justificando que o mesmo “foi organizado à pressa”.