quant
Fique ligado

Religião

Celebrações Marianas em Guidões, Alvarelhos e Covelas

Publicado

em

Em Guidões, Alvarelhos e Covelas, a imagem de Nossa Senhora de Fátima vai percorrer as principais ruas das paróquias, numa viatura, numa decisão que foi tomada pelo pároco José Ramos para “evitar que se verifiquem ajuntamentos ou situações como aquelas que foram vistas no Domingo de Páscoa, em Barcelos e não só”.

No dia 16 de maio, a peregrinação, tendo como som de fundo cânticos de Fátima, faz-se na paróquia de Guidões, a partir das 21 horas, com início no lugar do Bicho.

No dia 23, à mesma hora, a imagem sai da Igreja Matriz de Alvarelhos para percorrer as principais ruas da paróquia, enquanto em Covelas a peregrinação cumpre-se no dia 30, com início na Igreja Matriz.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Religião

Padre Simão Pedro organiza mega doação que chegará, de navio, a Moçambique

Publicado

em

Por

O padre Simão Pedro encabeça a organização de uma angariação de bens, que deixam, esta terça-feira, o Porto de Sines, num navio, com destino ao Porto da Beira, em Moçambique. Os dois contentores estão preenchidos com artigos têxteis, medicamentos, alimentos, material escolar, livros, louça, utensílios agrícolas e de construção, brinquedos, imagens de Nossa Senhora de Fátima e outros santos, terços, crucifixos e missais dominicais em chinungwe. Estes bens serão doados à diocese de Tete.

Depois de terem sido carregados por 35 voluntários, os bens seguem numa viagem que durará 39 dias. A previsão de chegada a Moçambique é 1 de janeiro. Este envio de bens é organizado pelos Missionários da Consolata e pela sua instituição, a Fundação Allamano, contando com o apoio do projeto “Um grito por Cabo Delgado”.

Entre os beneméritos, estão os Armazéns Carriço e o próprio pai do padre Simão Pedro, que construiu as enxadas para ajudar aquele povo moçambicano. De Ribeirão há a doação do material escolar foi doado pela papelaria Cruzmapa.

Em declarações à revista Fátima Missionária, Simão Pedro afirmou estar de “coração cheio” com a demonstração de caridade. “É mesmo uma maravilha. É tudo grátis. Estou mesmo feliz e maravilhado com a união de forças que houve para conseguirmos juntar estes dois contentores. Vai ser fundamental para a saúde da diocese de Tete, porque vai cheio de medicamentos e material médico, coisas que lá não existem, e que através de Diamantino Antunes, bispo em Tete, vão chegar aos vários postos de saúde, em colaboração com o Ministério da Saúde de Tete, que deu o parecer e que fez o pedido de isenção às alfândegas de Moçambique. O segundo contentor é de bens necessários. Os missais são essenciais para as celebrações semanais, são fundamentais para a assistência espiritual de toda aquela população de uma diocese que é maior que Portugal. Os cinco mil crucifixos feitos por José Afonso, irmão Missionário da Consolata, vão servir para divulgar a espiritualidade e fomentar este espírito evangélico em todas as pessoas daquela grande diocese”, explicou.

Simão Pedro sublinhou que toda esta mobilização de esforços mostra que a sociedade consegue “pensar naqueles que estão distantes e que são mais desfavorecidos, mais pobres”, e que perante uma realidade dura, os cidadãos conseguem ser “solidários em todas as vertentes, seja a nível da alimentação, da educação, ou a nível espiritual”.

Continuar a ler...

Edição 752

Dia Mundial das Missões assinalado na Igreja Nova

Publicado

em

Por

A Igreja Nova foi palco da celebração do Dia Mundial das Missões, com uma eucaristia presidida pelo bispo auxiliar do Porto, D. Armando Esteves Domingues, que é também presidente da Comissão Missão e Nova Evangelização.

Com transmissão televisiva, a eucaristia de 24 de outubro foi, ainda, concelebrada pelo pároco de S. Martinho de Bougado, padre Luciano Lagoa, pelo presidente dos IMAG, padre Adelino Ascenso, pelo presidente dos ANIMAG, padre Simão Pedro, e pelo padre Joaquim Silva, dos ANIMAG Zona I.
Dedicada a todos aqueles que doam a vida pela função de anunciar o Evangelho pelo mundo, a efeméride foi, igualmente, aproveitada para reiterar que “a Igreja é missionária na sua essência”. “Qualquer cristão tem obrigação de ser missionário. Nós deveríamos ser missionários no lugar onde estamos”, sublinhou ao NT, o padre Adelino Ascenso.
O presidente dos IMAG (Institutos Missionários Ad Gentes) lembrou a mensagem do Papa Francisco, para esta data, que expôs a necessidade de “não calarmos aquilo que vimos e ouvimos”. “É esta a essência da missão. Temos de transmitir e testemunharmos com a nossa vida aquilo em que acreditamos, aquilo que vimos, ouvimos e tocamos”.
Já D. Armando Esteves Domingues preferiu enfatizar a oportunidade de, neste mês missionário, a Igreja “ver o quanto o nosso campo de missão é grande e quantos homens e mulheres vão pelo mundo anunciar Jesus Cristo e a sua paixão por Ele, a maior da vida, porque tantos deixam a possibilidade de constituir família e de ter estabilidade económica e familiar para habitar na terra dos outros”.
“Este dia é, igualmente, importante, porque lembra que esta missão nasce do batismo e é de todos.
Todos recebemos os dons do Espírito Santo, somos portadores do mesmo espírito e capazes de participar da mesma missão”, acrescentou.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também