Pelas 21 horas de sexta-feira, 30 de maio, no auditório do polo de S. Martinho da Junta de Freguesia de Bougado, os sócios do emblema vão escolher a direção que vai liderar no próximo biénio 2014/2016.

Paulo Melro lidera a única lista que vai a sufrágio na próxima assembleia eleitoral do Clube Desportivo Trofense.

O prazo para a entrega de candidaturas terminou no dia 22 e só uma lista tinha chegado à sede do clube. “Aferi a condição e a legalidade de todos os corpos sociais da referida lista, sendo que está conforme os estatutos do clube. Assim sendo, atesto e valido a Lista A como lista única, estando elegível para a Assembleia Eleitoral”, anunciou João Fernandes, presidente da Assembleia Geral, que também integra a lista para o mesmo cargo. Jorge Curval da Silva está indicado para presidente do Conselho Fiscal.

Paulo Melro candidata-se ao segundo mandato, depois de ter tomado conta do clube, em outubro de 2012, período conturbado em que o Trofense estava a ser liderado por uma comissão administrativa encabeçada por José Leitão. Também foi ex-diretor financeiro do clube nas direções de Rui Silva – presidente de 2006 a 2011, incluindo a única em que o emblema trofense militou no principal escalão do futebol português.

A direção da qual foi presidente conseguiu ver o plano de recuperação financeira ser aprovado pelo Tribunal de Santo Tirso e o passivo encurtado em cerca de 60 por cento, para 2,7 milhões de euros. Também criou a SDUQ (Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas) e cumpriu o objetivo de manter a equipa profissional na 2ª Liga.

Um dos propósitos de Paulo Melro para o futuro é criar condições no clube para a constituição de uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD), a fim de garantir a sustentabilidade financeira do clube.