“O Público e o Privado: Objeto de Pintura” é a exposição de Paulo António Maias de Carvalho que estará patente na Casa da Cultura da Trofa até 31 de março.

“A dimensão privada e pública do self humano interagem e posicionam-se num mundo em que as fronteiras entre estes domínios se encontram cada vez mais diluídas e são todos os dias questionadas”. Foi desta forma, que o pintor Paulo António Maias de Carvalho apresentou a sua exposição à comunidade presente, durante a exposição da obra “O Público e o Privado: Objeto de pintura” no sábado, dia 3 de março, na Casa da Cultura da Trofa.

Esta exposição, que estará patente até ao dia 31 de março, faz parte da programação anual que visa a dinamização da Casa da Cultura, ao mesmo tempo que procura difundir e democratizar a oferta cultural, bem como, simultaneamente, possibilita um espaço apropriado e adequado a todos aqueles que queiram dar a conhecer a sua obra.

Assis Serra Neves, vereador do pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Trofa, relembrou a importância deste tipo de iniciativas, pois “abre as portas da nossa Casa da Cultura à arte, à criatividade e à produção artística de tantos artistas e criadores que de outra forma não poderiam mostrar os seus trabalhos”.

A Câmara Municipal da Trofa convida a comunidade trofense a visitarem esta exposição e ficarem a conhecer um pouco mais sobre este artista, deslumbrando-se com os trabalhos expostos.

{fcomment}