A partir do próximo domingo, dia 7 de abril, a Capela de Nossa Senhora das Dores retoma as celebrações da eucaristia, após a realização das obras de requalificação.

 Após seis meses de interregno, a Capela de Nossa Senhora das Dores, em S. Martinho de Bougado, volta a acolher as celebrações da eucaristia, depois de ter estado fechada para obras de requalificação. O “evento da primeira missa” realiza-se pelas 12 horas, de domingo, 7 de abril.

Segundo Luciano Lagoa, pároco de S. Martinho de Bougado, não será uma “inauguração formal”, mas “apenas a retoma das celebrações da eucaristia”, com “uma missa mais solene”, tendo “em conta as obras”.

Na primeira eucaristia, Luciano Lagoa fará “uma breve explicação” sobre as obras de beneficiação da Capela. “Manteve-se tudo como estava, mas foram realizadas importantes obras ao nível do telhado, teto, torre, no interior as talhas douradas, restauro de imagens e a iluminação completamente nova”, mencionou.

O pároco da freguesia denotou que a intervenção foi onerosa, aproveitando para deixar “um agradecimento” às comissões de festas de Nossa Senhora das Dores e à população da freguesia, que “possibilitaram estas obras”. “Estas foram financiadas em grande parte com sobras das festas de Nossa Senhora das Dores, daí que gostava de deixar um agradecimento grande a todas as pessoas que colaboraram, das quais resultaram os saldos que serão aplicados nestas obras”, concluiu.

Recorde-se que as obras tiveram início em meados de junho, tendo parado por alturas das festas em Honra de Nossa Senhora das Dores. Em setembro, as obras retomaram com o fecho da capela às celebrações eucarísticas.