Sérgio Humberto foi reeleito para o último mandato como presidente da Câmara Municipal da Trofa, tendo obtido 56,47 por cento dos votos.

Relativamente há quatro anos, a coligação Unidos pela Trofa perdeu 1115 votos – somou 11.898 desta vez -, mas manteve os cinco vereadores eleitos, enquanto o PS obteve 32,23 por cento, com 6790 votos, menos 159 que há quatro anos.

Sem eleitos, o PAN foi a terceira força política mais votada, com 567 votos (2,69%), na primeira vez em que apresentou candidatura no concelho.

Também estreante, o Chega angariou 511 votos (2,43%), deixando a CDU para último, com 483 votos (2,29%).

Indicação ainda para o aumento da abstenção no concelho relativamente há quatro anos: hoje, votaram menos 763 eleitores que em 2017.