Um café, em Mosteirô, ficou totalmente destruído por um incêndio que, alegadamente, terá sido provocado por dois indivíduos que foram vistos a sair pelas traseiras do estabelecimento, depois de o assaltarem.

Foi uma noite de sobressalto para a população residente na Rua de Santa Bárbara, em Mosteirô, S. Martinho de Bougado. Na madrugada de segunda-feira, 12 de maio, um incêndio destruiu o Café Santa Bárbara, obrigando à intervenção dos Bombeiros Voluntários da Trofa. Segundo o comandante em funções da corporação, Filipe Coutinho, à chegada dos bombeiros, o café “estava envolvido pelas chamas” e o “imenso fumo” dificultou a progressão dos soldados da paz que tiveram de agir “defensivamente”.

O foco de incêndio, acrescentou, “estava na cozinha e no balcão de atendimento” e para combater as chamas, a corporação precisou da ação de 17 elementos e do apoio de seis viaturas.

Segundo alguns populares, momentos antes de o incêndio deflagrar, dois indivíduos foram vistos a sair do estabelecimento pelas traseiras, através de terrenos contíguos.
A Guarda Nacional Republicana esteve no local e verificou que a máquina de tabaco e outra de brindes tinham sido estroncadas e que o tabaco e todas as moedas, à exceção das de dois cêntimos, tinham desaparecido. Foi ainda furtado um televisor LCD e o estabelecimento ficou destruído pelo fogo.

Durante a manhã de segunda-feira, a Polícia Judiciária esteve várias horas no local para recolher indícios que possam levar à identificação dos autores do assalto e do incêndio. O café está aberto há mais de 20 anos e, apesar de ter sido assaltado outras vezes, nunca teve prejuízos tão elevados.