Contagiada pela ação do treinador da equipa sénior, conhecido pelas ações solidárias a favor de crianças desfavorecidas, a estrutura do futebol do Atlético Clube Bougadense começou a dar “goleadas” fora do relvado, nas iniciativas que tem levado a cabo para arrancar sorrisos aos mais pequenos.
Desde há algumas semanas que têm sido recorrentes as ações de solidariedade. No dia 23 de maio, dia de futebol no Parque de Jogos da Ribeira, a equipa sénior recebeu a visita do pequeno Fábio, um menino de quatro anos, invisual, que teve oportunidade de falar com os atletas, pisar o relvado, receber brinquedos e bens alimentares e sair de Santiago de Bougado equipado a rigor com a camisola do clube e uma bola.
Já no dia 26, os capitães de equipa, treinador e presidente entregaram bens alimentares e medicação a uma família na Trofa e, um dia depois, realizaram o sonho ao Martim, que, depois de ter conhecido os bastidores do jogo, na deslocação ao Águias de Eiriz, recebeu do clube um equipamento do Futebol Clube do Porto.

“Apesar das dificuldades, o A.C. Bougadense luta constantemente para que também possa marcar golos fora das quatro linhas, ajudando quem mais precisa. Vamos continuar a fazer famílias felizes”, referiu a direção.
A nível competitivo, a faltar um jogo para o fim da época, o Bougadense ocupa o último lugar da série 6 da Fase Final da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto, com quatro pontos. No domingo, perdeu com o Gulpilhares por 1-0. Esta quarta-feira, a equipa tinha jogo marcado com o Lagares, às 21h00.