bougadense_ataense

Os golos de Virgílio e Zé Miguel deram um ponto precioso ao Bougadense que, estando a perder com o Ataense, por 2-0, conseguiu igualar o marcador, num jogo muito difícil para os homens de Santiago de Bougado.

O Ataense começou o jogo da melhor maneira ao inaugurar o marcador aos dois minutos, por intermédio de Cafú. A equipa forasteira galvanizou-se e depois de ver o adversário desperdiçar uma soberana oportunidade, aumentou a vantagem, com um golo marcado por Carlos, na sequência de um pontapé de canto.

O Bougadense conseguiu diminuir a desvantagem poucos minutos depois, por Virgílio e podia ter igualado a partida ainda na primeira parte, mas Carlitos não aproveitou o mau alívio da defesa do Ataense.

Na etapa complementar, Pedro Costa marcou dois golos que foram, ambos, anulados, por supostos fora-de-jogo. No segundo lance anulado, o avançado bougadense protestou com o árbitro auxiliar e acabou expulso.

A jogar com dez o Bougadense conseguiu manter a acutilância ofensiva e Zé Miguel deu justiça ao resultado, ao marcar de cabeça, aos 75 minutos.

O Ataense tentou remediar os erros, mas já foi tarde.

Reportagem alargada na próxima edição do NT, quinta-feira nas bancas.