Select Page

Bougadense empata ao cair do pano

Bougadense empata ao cair do pano

O Bougadense mostrou mais uma vez – a primeira no jogo com o Sobrado – que consegue ser melhor em desvantagem do que em igualdade com o adversário. Contra o Valonguense a equipa de Jó Andrade só conseguiu superiorizar-se quando perdia por 0-2, conseguindo impor o empate quando o cornómetro já apontava noventa e oito minutos. O jogo ficou ainda marcado por três expulsões.

A primeira parte, pobre em jogadas perigosas, correu melhor para o Valonguense que à meia hora de jogo activou o marcador, com um remate Amaro.

Logo no ínicio da etapa complementar a equipa forasteira, que ocupa os últimos lugares da tabela, conseguiu o segundo golo de vantagem por Dani.

Depois do golo seguiram-se os dez minutos mais entusiasmantes da partida. O Bougadense assumiu a superioridade o golo surgiu num lance que brinda a excelente jogada de Santos pelo flanco direito.

O jogo ficou ainda marcado por três expulsões, duas para o Valonguense e uma para a equipa da casa. Bruno Almeida viu o cartão vermelho directo depois de ter agredido, com uma cotovelada, o jogador bougadense Roberto, aos oitenta e cinco minutos. Nasa foi o segundo jogador expulso, dsta vez por acumulação de amarelos e Carlos, colocou a equipa do Valonguense com nove unidades depois de ter ofendido verbalmente um dos árbitro auxiliares.

Ao oitavo minuto de compensação o Bougadense estabeleceu o empate, num remate de Raúl, à entrada da pequena área.

 

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização