campo_bougadense.jpg

 

 

 

 

 

Foi com uma vitória confortável frente ao Perosinho, que o Bougadense conseguiu manter a vice-liderança da Divisão de Honra da AFP por mais uma jornada.

Depois de um período conturbado, o Bougadense parece ter encontrado definitivamente o caminho das vitórias. Na vigésima nona jornada o Bougadense não deixou escapar o segundo lugar e venceu o Perosinho por 2-4.

Com uma entrada desastrosa, o Perosinho começou o jogo, praticamente a perder, pois o Bougadense “não se fez rogado” e aproveitou cedo as facilidades defensivas do adversário. Ramalho inaugurou o marcador aos sete minutos e bisou três minutos depois.

O terceiro golo foi assinalado ainda antes da meia hora de jogo, pelo defesa Roberto que perante a passividade dos jogadores do Perosinho, entrou na área sem marcação e rematou cruzado sem que Zé Gato se fizesse à bola.

Só a partir do terceiro golo, a equipa da casa “acordou” e se deu conta do verdadeiro prejuízo. Depois do intervalo o treinador Manuel Gonçalves queria que a sua equipa mudasse e foi o que aconteceu. Contudo ao sacrificar um central para ter mais presença ofensiva, o Perosinho arriscou jogar com três defesas contra três avançados. O Bougadense não satisfeito com os três golos marcados, aumentou a vantagem que tinha sobre o adversário, por intermédio de Tonanha à passagem dos cinquenta e um minutos, na sequência de um contra-ataque, em que Ramalho esteve novamente em destaque. Até ao final assistiu-se a um Perosinho a querer emendar todos os erros que cometeu quase toda a partida. Ainda conseguiu reduzir para 2-4 a desvantagem com golos assinalados por Sousa e Marco, aos sessenta e um minutos e aos oitenta e dois minutos, respectivamente.

Augusto Veloso congratulou-se com a vitória, mas afirmou “que não estava a espera de tantas facilidades”. A vitória “foi saborosa, mas vínhamos preparados para um Perosinho mais forte”, concluiu o treinador.

Esta vitória importante segura o Bougadense na vice-liderança da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto, a um ponto do primeiro classificado Amarante, que venceu o Canelas de Gaia por 0-1. O Oliveira do Douro também venceu e continua na perseguição aos lugares cimeiros da tabela classificativa, com sessenta pontos. Com cinquenta e oito pontos surge o Nogueirense que bateu o Sobrado por 5-0. Responsável por outra goleada, foi o Pedrouços frente ao Coimbrões por 5-1. O Sousense venceu o “lanterna vermelha”, Baião por 1-3 e somou três pontos importantes para a fugida à despromoção. O Grijó somou apenas um ponto aos anteriores 39 que já tinha, ao empatar em casa com o quinto classificado Avintes. Um empate foi o resultado do jogo que opôs Castelo da Maia e Vilarinho (2-2). Finalmente o Leverense arrecadou uma vitória no confronto com o Perafita, por 3-2.

Na próxima jornada o Bougadense recebe o Oliveira do Douro, num jogo que pode decidir o campeonato, não fosse o Amarante jogar contra o Coimbrões e o Nogueirense contra o Avintes.