Dois bombeiros do corpo de bombeiros dos voluntários da Trofa foram agredidos na noite desta sexta feira, quando efetuavam uma operação de socorro.

Os elementos foram chamados, cerca das 20h, pela Guarda Nacional Republicana para a rua António Adão, para um caso de violência doméstica.

Segundo Rui Ferreira, adjunto de comando dos BVTrofa “no local e depois de terem prestado assistência a um cidadão de nacionalidade estrangeira, quando lhe pediram os documentos de identificação, o indivíduo tornou-se violento, tentou fugir da ambulância e agrediu os bombeiros”. “Foi necessário pedir reforço da GNR tendo mesmo vindo elementos do corpo de Intervenção da guarda.”

O indivíduo foi levado pela GNR para o posto da Trofa para identificação.

Os dois bombeiros, um chefe e um sub-chefe, necessitaram de tratamento hospitalar e foram transportados para a unidade de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.