Select Page

Bombeiros assinalam 42 aniversário e recebem prenda da Direção (c/ vídeo)

Bombeiros assinalam 42 aniversário e recebem prenda da Direção (c/ vídeo)

Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Trofa completou 42 anos de vida. Momento foi assinalado no domingo de manhã numa sessão solene marcada pela atribuição por parte da Direção ao Corpo de Bombeiros, de 72 equipamentos de proteção individual de combate a incêndios urbanos.

Foi em 30 de setembro de 1976 que nasceu a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Trofa, que este ano soprou as velas como é tradição mas sem direito a vários presentes como acontecia há bem pouco tempo. Este ano apenas a Direção da associação Humanitária ofereceu presentes aos bombeiros: 72 equipamentos de proteção individual para combate a incêndios urbanos.


O comandante do Corpo de Bombeiros, João Pedro Goulart realçou a importância da oferta dos equipamentos que, “por força do desgaste que tem a ver com o número de ocorrências, e a necessidade faz-se sentir por força das exigências regulamentares e de condições de trabalho”.
O comandante realçou a necessidade de investimento não só em equipamentos mas também na formação de cada efetivo dos bombeiros para fazer face à própria evolução da sociedade, cada vez mais tecnológica, mais em risco, com mais perigos, mais necessidades de conhecimento técnico e tecnológico, e tem de que haver mais investimento, por parte do Estado e do gerador do índice de perigosidade”

Novo adjunto dos Bombeiros Voluntários da Trofa

O comandante realçou ainda a nomeação de um novo elemento para a equipa de comando dos Bombeiros da Trofa, tendo a escolha recaído em Rui Ferreira, que faz parte do corpo de Bombeiros da Trofa há mais de 15 anos.

Em dia de festa o presidente da Direção Manuel Dias, fez um balanço de quatro anos de um mandato que está a terminar e aproveitou para anunciar que não se vai recandidatar à presidência da Direção. Manuel Dias enumerou as obras de melhoria do quartel, a aquisição de viaturas novas, e do novo equipamento de ataque de incêndios urbanos, nos quais foram investidos cerca de 60 mil euros “ como marcas do mandato.
Em jeito de remate Manuel Dias deu enfase à “boa situação financeira da associação fruto do trabalho não só da direção mas de todos os funcionários, dos bombeiros, dos funcionários da creche e de todos os que nos apoiam” rematou.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização