Select Page

Bicentenário do Nascimento do Conde de S. Bento

Bicentenário do Nascimento do Conde de S. Bento

A Câmara Municipal de Santo Tirso e a Irmandade e Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso vão levar a cabo um programa comemorativo do Bicentenário do Nascimento do Conde de S. Bento, grande benemérito tirsense, nascido a 28 de Agosto de 1807. Esta iniciativa terá lugar em diferentes espaços culturais do concelho, nos dias 28 de Agosto e 28 de Setembro de 2007 e compreende a realização de conferências, concertos, a apresentação da exposição «O Conde de S. Bento e o seu Legado» e o lançamento de uma medalha comemorativa.

 CONDE DE S. BENTO

Manuel José Ribeiro – o Conde de S. Bento – nasce na Quinta de Poldrães, em S. Miguel das Aves, a 28 de Agosto de 1807. De origem humilde, decide tentar a sua sorte no Brasil, para onde embarca com apenas 11 anos de idade.

Até 1832, Manuel José Ribeiro procura fortuna por algumas cidades do Baixo Amazónia, fixando-se depois em Santa Maria de Belém, onde desenvolve a sua próspera actividade como comerciante.

Regressa a Portugal em 1874, tinha então 67 anos, e instala-se em definitivo na vila de Santo Tirso. Por Decreto-Lei de 20 de Janeiro de 1881, Manuel José Ribeiro é agraciado com o título de Visconde de S. Bento e, cinco anos depois, a 6 de Maio de 1886, o título de Conde. Manuel José Ribeiro torna-se no grande benemérito de Santo Tirso, sendo conhecido pela generosidade e prontidão com que atende a todos os pedidos.

Em 1882 adquire o Mosteiro de S. Bento e as suas quintas. Nesta época impulsiona, e apoia, um conjunto de obras de grande relevância para a sua comunidade, como a Escola Primária, o Hospital da Misericórdia, obras de beneficiação de várias igrejas, e o apoio a festas locais.

O Conde de S. Bento cedeu terrenos para a urbanização da vila de Santo Tirso, para a construção do Parque D. Maria II, bem como, para o incremento económico da vila através do seu legado testamentário, executado pelo sobrinho José Luís de Andrade, garantido a construção de um Asilo Agrícola e de uma fábrica, que empregasse famílias tirsenses.

A 28 de Agosto de 1892 é alvo de reconhecimento público, com a inauguração da sua estátua na vila de Santo Tirso, pelas entidades oficiais do concelho, pelos seus amigos, de aquém e além mar (Brasil) e pela Irmandade e Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso. O grande benemérito de Santo Tirso morre a 26 de Março de 1893.

 PROGRAMA 28 DE AGOSTO DE 2007
16H00 – Palestra do Dr. Francisco Carvalho Correia, «O Conde de S. Bento».- Lançamento de medalha comemorativa do Bicentenário da autoria de Avelino Leite.

17H00 – Abertura da exposição: «O Conde de S. Bento e o seu Legado"Exposiçãode carácter documental e informativa sobre a vida e percurso de Manuel José Ribeiro.
Centro Cultural de Vila das Aves

21H30 – Concerto comemorativo do bicentenário
Banda de Música Municipal de Celanova.
Auditório Eng. Eurico de Melo, Santo Tirso

28 DE SETEMBRO DE 2007

14H00- Conferências sobre o Conde de S. Bento
 Museu Municipal Abade Pedrosa, Santo Tirso

21H30- Concerto com o Coral da Misericórdia de Santo Tirso Ensemble Vocal Pro Musica                  
Igreja Matriz de Santo Tirso

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização