À beira do centenário, o laboratório Bial já conseguiu, por duas vezes, cumprir o plano estratégico, traçado há 30 anos, de trazer novos fármacos ao mundo

Fica na Vila do Coronado, concelho da Trofa, e faz 95 anos hoje, 19 de abril. A celebração do aniversário do laboratório Bial reuniu, no fim de semana passado (anteciparam os festejos por causa da Páscoa), quase todos os colaboradores, incluindo as filiais no estrangeiro.

À beira do centenário, foram vários os percalços de um negócio familiar que podia ter acabado nos anos 70, depois da morte do pai de Luís Portela, 67 anos, que deixou a carreira de médico, investigador e docente para ser empresário, sem nunca ter ambicionado essa vida. “Quando ganhei uma bolsa para fazer o doutoramento em Cambridge, em 1978, queria ir mas não tinha quem comprasse a minha parte [da farmacêutica]”, recorda o gestor, acrescentando que agarrou na empresa fundada pelo avô por temer que “soçobrasse”.

Noticia publicada no Jornal Expresso e pode ser lida na totalidade clicando aqui