Manuela Ferreira Leite escolheu para os primeiros lugares do Conselho Nacional do PSD o social democrata Bernardino Vasconcelos, presidente da Câmara Municipal da Trofa, António Capucho, Mota Amaral, Alexandre Relvas, Joaquim Biancar e Carlos Pinto, presidente da câmara da Covilhã.

 Rui Rio, Paulo Mota Pinto, José Pedro Aguiar Branco, António Borges, Castro Almeida e Sofia Galvão serão os seis vice-presidentes do PSD de Manuela Ferreira Leite. Foi a própria líder quem anunciou aos congressistas os principais nomes da sua equipa, entre eles o de Nuno Morais Sarmento para presidente do Conselho de Jurisdição e o de Rui Machete para presidente da Mesa do Congresso.

O secretário-geral será Luís Marques Guedes e para presidente da Comissão de Relações Internacionais do partido Manuela Ferreira Leite escolheu José Luís Arnaut, o homem que Santana Lopes dispensou de presidente da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros.

As Regiões Autónomas ficarão representadas na lista de Ferreira Leite para a Mesa do Congresso por Miguel de Sousa, um dos homens fortes de Jardim na Madeira, e por Berta Cabral, presidente da câmara de Ponta Delgada e candidata à sucessão de Costa Neves, actual líder do PSD na Região.