O Belenenses garantiu hoje a presença na quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, depois de derrotar o Trofense, por 2-1, num duelo de equipas da Liga de Honra que só terminou depois de prolongamento.

Abel Camará, que saltou do banco na segunda parte, ditou a passagem da equipa de Belém à fase seguinte da prova, nos minutos finais do prolongamento, depois de Miguel Rosa ter dado vantagem aos lisboetas e Reguila ter empatado, durante os 90 minutos regulamentares.

Numa primeira parte bastante equilibrada e com oportunidades de perigo distribuídas pelos dois lados, foi o Belenenses que primeiro chegou à baliza por intermédio de Vítor Lemos, que atirou a bola à barra.

A reação do Trofense aconteceu logo a seguir, aos sete minutos, altura em que Reguila, pelo lado direito, deixou a bola para Crivellaro rematar à baliza, mas a bola foi travada pelo defesa Leo Kanu.

A pressão, de parte a parte, trouxe alguma emoção ao encontro, mas foi o Belenenses que mais se destacou, muito por culpa de Miguel Rosa, que obrigou o guarda-redes Trigueira a várias defesas difíceis.

Aos 33 minutos, a equipa de José Mota voltou a atirar a bola à barra, através de Rodrigo António.

No segundo tempo, o Trofense entrou mais rápido e, logo aos 53 minutos beneficiou de uma boa jogada de André Carvalhas, que se isolou em frente à baliza de Coelho, mas não conseguiu surpreender o guardião.

O Belenenses chegou ao golo aos 69 minutos, por intermédio de Miguel Rosa que, de fora da área, surpreendeu o guarda-redes Trigueira, com um remate potente.

Nove minutos depois, a equipa da casa repôs a igualdade com um golo de Reguila.

O Trofense continuou a pressionar nos minutos finais do tempo regulamentar mas isso não foi o suficiente para evitar o prolongamento.

O último período do encontro foi marcado por uma grande penalidade falhada por Miguel Rosa para o Belenenses, por duas expulsões, uma para cada lado, e pelo golo decisivo de Abel Camará que carimbou a passagem da equipa de José Mota à fase seguinte da Taça de Portugal.

 

Jogo no Estádio do Trofense, na Trofa.

Trofense – Belenenses, 1-2.

Ao intervalo: 0-0

Marcadores:

0-1, Miguel Rosa, 69 minutos.

1-1, Reguila, 78.

1-2, Abel Camará, 116.

Equipas:

– Trofense: Trigueira, David, Santos, João Pereira, Pedro Araújo, Tiago, Dinis (Edú, 85), Crivellaro (André Viana, 108), Feliz (Zé Manel, 68), Reguila e André Carvalho.

(Suplentes: Marco, Zé Manel, Fortes, André Viana, Pedro Santos, Edú, Gilmar).

– Belenenses: Coelho, Duarte Machado, Pedro Ribeiro, Leo Kanu, Igor Pita, Koukou, Fernando Ferreira (Vítor Silva, 45), Rodrigo António (Maranhão, 112), Miguel Rosa, Rui Varela (Abel Camará, 67) e Vitor Lemos.

(Suplentes: Paulo César, Sidnei, Tiago Almeida, Abel Camará, Rafael, Victor Silva, Maranhão).

Árbitro: Manuel Silva (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tiago (14), Duarte Machado (16), Pedro Ribeiro (77), Crivellaro (88), Vítor Silva (97 e 111), Santos (99) e Camará (116). Cartão vermelho direto para Tiago (103). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Vítor Silva (111).

Assistência: cerca de 500 espetadores.

Lusa