Contacto directo com o presidente da autarquia e AEBA permitiu à empresa avançar com o processo de Licenciamento Industrial, pela qual luta há já mais de um ano.

 Dando continuidade ao périplo de visitas às empresas trofenses, no âmbito do projecto Trofa – Concelho para Investir”, a autarquia e a AEBA visitaram, na passada segunda-feira, a Ajinox – Industria Metalúrgica. Bernardino Vasconcelos, presidente da autarquia, e Alexandre Teixeira, em representação da Direcção da AEBA, foram conduzidos pelos sócios da empresa André Fonseca e Juliana Santos, que deram a conhecer à comitiva o trabalho desenvolvido pela empresa ao longo dos dois anos de existência.

Juliana Santos, sócio da Ajinox, ressalvou com satisfação a importância da visita da autarquia à empresa. “Achamos muito importante esta visita, pois assim ficam mais elucidados sobre as verdadeiras necessidades com que as empresas se deparam no momento e ficam a perceber a verdadeira dificuldade da realidade que atravessamos” considerou.

Para Juliana Santos, o contacto com a autarquia e a AEBA foi frutífero na medida em que foi possível aos sócios expor a dificuldade em obter o Licenciamento Industrial, pelo qual a empresa anseia já há mais de um ano. “Perante esta situação, de imediato o Sr. Presidente tentou saber o que se passava e felizmente conseguiu dar andamento ao processo e dentro de pouco tempo teremos Licença Industrial”, adiantou a responsável.

“Achamos que esta iniciativa é muito favorável a nível negocial e poderá a vir expandir a indústria na Trofa, pois muitas vezes a autarquia não tem conhecimento da verdadeira dimensão empresarial e das dificuldades que elas passam para sobreviver”, afirmou. “É sempre importante dar a cara e dar apoio para enfrentar a caminhada”, ressalvou.

Situada na freguesia de Alvarelhos, a Ajinox – Indústria Metalúrgica centra a sua actividade em aço inoxidável, fazendo trabalhos como portões, grades para interior e exterior, automatização de portas e outros trabalhos por medida. Entre os trabalhos de maior dimensão que a empresa realizou encontra-se a obra no Hospital Veterinário do Porto.

Em nota enviada à imprensa, a autarquia informa que “tem constatado a existência de um forte espírito empreendedor e grande capacidade de iniciativa nos vários empresários com quem contactou”.