A Câmara Municipal da Trofa tem promovido um conjunto de Oficinas de Educação Ambiental sobre as temáticas mais representativas ao nível ambiental como reciclagem, poupança de água, poupança energética e compostagem.

Preparar as gerações futuras, em termos de sustentabilidade ambiental é uma das prioridades da autarquia trofense. O desenvolvimento de uma consciência ambiental pressupõe a alteração de comportamentos, ao nível das atividades do dia a dia. Quando se aborda a temática da educação ambiental “não se pode falar em ações esporádicas e limitadas no tempo, porque todo o processo de educação e sensibilização deverá ser contínuo de forma a produzir resultados positivos eficazes”.

A Câmara Municipal da Trofa, através da Divisão de Ambiente e Espaços Urbanos, pretende continuar a ser uma referência na área da educação ambiental, sobretudo junto da população escolar. Por essa razão, e à semelhança de anos anteriores, a autarquia tem promovido, desde o início do mês de janeiro, um conjunto de Oficinas de Educação Ambiental sobre as temáticas mais representativas ao nível ambiental como reciclagem, poupança de água, poupança energética e compostagem.

Estas oficinas são destinadas aos jardins de infância e Escolas Básicas e têm vindo a ter “uma grande recetividade”, estando neste momento inscritos um total de 1500 alunos.

No dia 26 de janeiro, pelas 11 horas, a turma do 4º ano da EB1 de Portela vai participar na oficina, onde a temática é “A Água é um bem precioso”. No dia seguinte, 27 de janeiro, pelas 11 horas, será a vez do Colégio da Trofa receber a oficina ambiental “Crescer e viver com a qualidade”.

Já em fevereiro, no dia 24, os alunos do 4º ano do Colégio da Trofa irão participar na oficina “Energia vs Sustentabilidade”, pelas 11 horas. No mês de março, o Colégio da Trofa recebe novamente uma oficina de educação ambiental. Desta vez, será a turma do 1º ano, a participar na oficina sobre a temática “Proteger a Floresta dos Incêndios”, no dia 9 de março, pelas 11 horas.

Estas oficinas de educação ambiental já decorreram nas EB1 de Portela, de Feira Nova, de Estação e Colégio da Trofa com temas como “A compactagem na Escola”, “Reciclar é ganhar – separação de resíduos”, “Papel Reciclado”.

O executivo camarário considerou que “a educação ambiental constitui sem dúvida um vetor estratégico de ação para promover o desenvolvimento sustentável do município”.

{fcomment}