Depois do sucesso conseguido com a realização das festas em honra a S. Pedro, a associação da Maganha prepara-se para dar um grande passo: a construção de uma nova sede. O presidente António Castro fez um balanço positivo do seu mandato.

 Sede da associação Era um sonho antigo, mas só agora começa a tornar-se ralidade. A Associação Recreativa de S. Pedro da Maganha está a um pequeno passo de adquirir um espaço para a construção da nova sede. Este é o resultado do excelente trabalho desenvolvido pela direcção, comandada por António Castro, que em declarações ao NT, falou dos novos projectos da associação e fez um balanço do mandato.

O terreno, que está prestes a ser da propriedade da colectividade, encontra-se na parte detrás do edifício, em que actualmente está a funcionar a tasquinha, e foi a "melhor localização" que a direcção conseguiu arranjar, já que o ideal, que era "mesmo o edifício", e que está a par da estátua de S. Pedro, não está ao alcance, pois "o proprietário recusa-se a vendê-lo". Em Assembleia de Freguesia de Santiago de Bougado, realizada em Junho, o presidente António Azevedo expôs a celebração de um contrato programa que visa a contribuição com uma verba para a aquisição do terreno.

Apesar de "não ser muito grande", a localização já é suficiente para a construção do edifício da sede e "realizar os ensaios para as Marchas de S. Pedro, que assim já não necessitam de pedir "'casa emprestada'", referiu António Castro.

Com esta conquista, "cumpre-se assim um dos grandes objectivos de todas as direcções da Associação", mas que só esta concretizou. Agora a grande aposta é a elaboração do projecto para a construção da sede, que começa por um estudo de arquitectura .

A próxima actividade agendada é a realização de um leilão para angariação de fundos para as obras, que mesmo assim não evitarão a direcção de recorrer a um empréstimo.

António Castro fez um balanço positivo do mandato: "só posso estar satisfeito porque conseguimos o objectivo da aquisição do terreno". O presidente argumentou ainda que também poderá ter ultrapassado expectativas, relativamente às contas finais da associação. "A apresentação do saldo total faz-se em meados de Abril do próximo ano, mas findas festas em honra de S. Pedro já foi possível fazer uma estimativa, e segundo os nossos cálculos é possível que conseguiremos ultrapassar os 5 mil euros, quantia que mais nenhuma associação conseguiu atingir, o que para mim também é um motivo de grande orgulho".

 

Associação dinâmica

 

Durante o ano muitas são as actividades desenvolvidas pela Associação Recreativa de S. Pedro da Maganha, que cada vez mais aposta no dinamismo da aldeia, com a colaboração de pessoas jovens e disponíveis para ajudar.

Para além da tasquinha que está em funcionamento quase todo o ano e que serve para angariação de fundos para a realização da festas de S. Pedro em Junho, esta associação tem ainda algumas actividades extra, como o futsal, em que tem uma equipa masculina de seniores a militar no Futebol Popular da Trofa e a pesca. A associação já organizou outras inciativas como corridas de carros de madeira, jogo de malhas e jogos de futebol "solteiros vs casados" tanto para homens como para mulheres.

Agora com a construção da nova sede, adivinha-se a realização de mais actividades, que a direcção espera que atinjam o sucesso das anteriores.