pj_logotipo.jpg

 

 

 

 

 

A Polícia Judiciária deteve, numa operação com a GNR, três homens e uma mulher suspeitos de mais de duas dezenas roubos à mão armada

A Polícia Judiciária deteve, numa operação com a GNR, três homens e uma mulher suspeitos de mais de duas dezenas roubos à mão armada em vários concelhos do Grande Porto, disse  à agência Lusa fonte policial.

As investigações indicam que os detidos, com idades entre 16 e 23 anos, escolhiam as suas vítimas entre casais que se encontravam durante a noite ou ma drugada no interior de viaturas em locais ermos dos concelhos de Matosinhos, Vil a do Conde, Trofa, Santo Tirso e Maia.

Durante os assaltos, partiam com pedras os vidros das viaturas e roubavam os ocupantes.

Em algumas situações chegaram a roubar os carros das vítimas.

No último assalto que lhes é atribuído, ocorrido às 23:55 de quarta-feira, no Monte de S. Gens, um local ermo da Trofa, foi ferido a tiro o elemento masculino do casal, que tentou resistir ao roubo.

Na noite anterior, cerca da 01:30, no mesmo local, dois homens armados roubaram um Ford Fiesta a um casal de namorados.

A PJ realizou buscas domiciliárias às residências dos suspeitos, tendo apreendido diversos objectos de uso pessoal, nomeadamente relógios e telemóveis, produto da actividade delituosa.

Foi também apreendida a pistola e a viatura usada pelo grupo nas mais de duas dezenas de assaltos semelhantes atribuídos aos detidos desde Janeiro.

Os detidos foram presentes ao Tribunal de Instrução, que irá determinar as medidas de coação em que ficarão a aguardar o desenrolar do processo e que poderão ir até à prisão preventiva.