JS da Trofa juntou bandas de hip hop para proporcionar “um momento de ativismo político”.

 Foi ao som de hip hop e palavras de ordem a soarem a recados políticos que se cumpriu uma Manyfest no bar da capela, no Parque Nossa Senhora das Dores, na noite de 14 de dezembro.

Organizada pela Juventude Socialista da Trofa, esta iniciativa juntou bandas (CaixaForte, 61, DiTroifa, Covil130, Bentil, Keiro, Ojuara) e dj’s (Brenden Soul, Upgrade e Felder) com o objetivo de servir de holofote aos anseios da juventude.

 Marco Ferreira, líder da JS Trofa, não encarava a Manyfest como uma festa, mas sim “como um momento de atitude e ativismo político”. “Queremos, através da cultura e da música mais alternativa, falar de alguns problemas da sociedade. Podemos mostrar o sentimento da juventude, num momento e num país em que precisamos de alternativa. Estes jovens têm muitas ideias e vontade de mudar muita coisa, não só no País, mas no Mundo”, asseverou.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}