quant
Fique ligado

Religião

Doações para a Igreja Católica caem cerca de 15% em 2021

Publicado

em

As doações dos fiéis ao Vaticano mantiveram a tendência de queda, em 2021, diminuindo pelo menos 15%, uma descida também agravada pela pandemia de covid-19, explicou à EFE p chefe da Economia da Santa Sé, Juan Antonio Alves.

Em entrevista ao órgão de comunicação do Vaticano, por ocasião da apresentação do orçamento para 2022, o espanhol explicou que a Santa Sé depende “muito de rendas incertas” que diminuíram nos dois anos de pandemia.

“A maioria das doações dos fiéis dá-se por meio da arrecadação nas igrejas e a adesão às missas em tempos de covid-19 é reduzida”, argumentou, acrescentando que o Vaticano deve pensar noutros métodos “para solicitar a ajuda dos fiéis e receber doações”.

O responsável pela Economia do Vaticano destacou que em 2021 houve uma diminuição em relação ao ano anterior e que “não será inferior a 15%”.

“Se em 2020 a arrecadação total foi de 44 milhões, em 2021 não penso que passe de 37 milhões. A queda de 2021 soma-se à de 2015 a 2019, de 23%, e de 18% em 2020, primeiro ano da pandemia”, explicou.

Relativamente às contas de 2021, que serão apresentadas a meio do ano, Juan Antonio Alves confirmou que se esperam perdas de 49,7 milhões de euros.

O responsável espera compensar a falta de receita melhorando a eficiência interna e otimizando o desempenho do património do Vaticano.

Publicidade

Relativamente à venda de um edifício em Londres, cujas irregularidades e perdas de mais de 100 milhões dos cofres da Santa Sé estão a ser analisadas pela justiça, Juan Antonio Alves assegurou que “o contrato de venda já foi assinado” e que “o prédio foi vendido acima da avaliação”, embora não tenha dado números.

Em relação ao orçamento para este ano, o Vaticano informou uma mudança na metodologia ao incluir 90 instituições católicas nos orçamentos da Santa Sé, em comparação com as 60 consideradas anteriormente.

Desta forma, as receitas previstas para 2022 serão de 769,6 milhões de euros e os gastos de 803 milhões, o que significa que haverá um défice de 33,4 milhões.

Continuar a ler...
Publicidade

Religião

Comédia, música e coroação das crianças marcam festa do Espírito Santo em S. Mamede

S. Mamede do Coronado já se prepara para a festa em honra do Divino Espírito Santo.

Publicado

em

Por

S. Mamede do Coronado já se prepara para a festa em honra do Divino Espírito Santo.

A comissão de festas já anunciou o programa comemorativo, que garante iniciativas lúdicas e cerimónias religiosas de 3 a 6 de junho.

No primeiro dia de festa, 3 de junho (sexta-feira), a noite será para rir, com um espetáculo de stand up comedy de Rúben Parada, Rúben Branco e João Dantes, a partir das 21h30.

A coroação das crianças pode ser feita das 20h00 às 24h00.

Para as 23h00 está garantida animação surpresa.

No dia seguinte, o grupo de Bombos de Santa Maria de Gémeos vai anunciar a festa pela freguesia, a partir das 08h00, e, à noite, às 21h30, entra em palco Manuel Carvalho e a sua banda para um espetáculo musical, que promete animar o terrado até à sessão de fogo de artifício piromusical, à meia-noite.

Para este dia, haverá coroação das crianças durante todo o dia e às 17h30, é celebrada missa, na Igreja Matriz.

Publicidade

No domingo, com alvorada às 08h00, a festa terá como momentos altos, na vertente profana, os concertos das bandas de música de São Martinho do Campo e Alfena, às 15h00, e o Festival Folclórico, às 21h30, com participação dos ranchos folclóricos de S. Romão do Coronado, Ramalde e Nossa Senhora das Amoras.

Na vertente religiosa, para as 07h00 está marcada a missa na Capela do Divino Espírito Santo, seguindo-se a missa solene na Igreja Matriz, às 10h30, e a procissão da Igreja à Capela do Divino Espírito Santo, às 12h30. Durante todo o dia é possível fazer a coroação das crianças.

No último dia de festa, também com coroação das crianças durante todo o dia, às 11h00, é celebrada missa na Capela do Divino Espírito Santo em Ação de Graças pela intenção de todos os paroquianos vivos, defuntos e emigrantes. À noite, há concerto de música de Toka & Dança, a partir das 21h30, e uma sessão de fogo de artifício, à meia-noite, que marcará o encerramento das festividades.

foto DR

Continuar a ler...

Religião

Festa da Senhora do Rosário em Santiago

A festa em honra de Nossa Senhora do Rosário volta este ano, nos dias 3, 4 e 5 de junho.

Publicado

em

Por

A festa em honra de Nossa Senhora do Rosário volta este ano, nos dias 3, 4 e 5 de junho.

A paróquia de Santiago de Bougado dá início às festividades, no dia 3, com uma procissão de velas, que começa junto à imagem de Nossa Senhora de Fátima de Cidai, às 21h00.

No dia 5 de junho, às 11h00, decorre uma eucaristia solene em honra de Nossa Senhora do Rosário. Para as 14h30 está prevista a receção à Banda de Música da Trofa, no Largo Manuel Canejo, com chegada à Lagoa às 15h30.

Às 17h00, é rezado o terço e, depois, sai a procissão em honra a Nossa Senhora do Rosário, seguida de um concerto da Banda de Música da Trofa.

O encerramento da festa acontece cerca das 19h30.

Tiago Jesus

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também