arvore-alvarelhos

EB 2/3 de Alvarelhos recebeu menção honrosa no âmbito da participação num concurso que visava a construção de árvore amarela a partir de embalagens da Tetra Pak.

O objectivo era desenvolver uma árvore de Natal, predominantemente amarela, feita a partir de embalagens da Tetra Pak e que veiculasse uma mensagem ambiental. A EB 2/3 de Alvarelhos, um dos estabelecimentos com o título de Eco-Escolas, aceitou o desafio e foi uma das premiadas com uma menção honrosa.

De acordo com o director do estabelecimento, Renato Carneiro, a árvore foi concebida “por todos os alunos que frequentam o 6º ano, 72 no total, na disciplina de Educação Visual e Tecnológica e inserida na unidade de trabalho do primeiro período”. Sob o tema “Geometria/Polígonos inscritos”, os jovens tiveram que “aplicar os novos conhecimentos na execução de inúmeras bolas de Natal tridimensionais”.

As bolas “eram compostas por 20 círculos com o polígono inscrito triângulo” que depois de unidos formavam o objecto tridimensional. Dependendo do seu tamanho, cada uma necessitava entre seis a 20 pacotes Tetra Pak de cor amarela (pacotes de ice tea) e prateada (pacotes de leite e sumo).

Já a árvore, em forma de cone, é constituída por “uma teia de centenas de metros de fio de plástico de cor amarela, onde foi criada uma trama com nós de macramé originando alguns espaços fechados e abertos”. Na teia podem ver-se ainda tampas de plástico amarelas.

“A árvore foi colocada no átrio interior da escola, ponto de passagem e encontro de toda a comunidade educativa e também privilegiado pela sua dimensão e pela luz natural que possui. Todo o espaço envolvente foi decorado com grinaldas e enfeites realizados com os motivos da árvore de Natal”, explicou Renato Carneiro.

Segundo o responsável, a execução da árvore motivou “a realização de várias acções de sensibilização quer de recolha das embalagens Tetra Pak para a execução dos elementos decorativos, como para a colocação destas embalagens no ecoponto amarelo”.

Foi ainda criado um espaço na escola “para o depósito das embalagens trazidas pelos alunos e recolhidas no bar da escola, semanalmente”.

A escola lançou ainda um concurso para alunos do terceiro ciclo para a criação da mensagem ambiental. “Separar, reutilizar, embelezar é o que está a dar” foi a escolhida para completar o desafio.

Segundo Renato Carneiro, a menção honrosa “vem dar alguma visibilidade à forma de estar e de trabalhar da escola”. Mas esta é, de resto, uma tarefa habitual no estabelecimento, já que todos os anos a árvore de Natal é concebida tendo por base “a reutilização de materiais numa perspectiva de incutir nos alunos o respeito pelo meio ambiente”.

O concurso surgiu “no âmbito de uma campanha nacional de informação ambiental, lançada pela Tetra Pak, em Setembro de 2009”.

Este projecto realizou-se em parceria com o programa Eco-Escolas, da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

No concurso estiveram inscritos 390 estabelecimentos de ensino, representando cerca de 200 mil alunos.

A EB 2/3 de Alvarelhos tem renovado sistematicamente, ano após ano, o título de Eco-Escolas desde 2003.