Entraram como simples clientes e saíram de pistola em punho e os cartões de crédito que roubaram. A dona de uma loja de lingerie em S.Martinho de Bougado , foi sexta-feira  ao final da tarde manietada por um casal que assaltou o estabelecimento ‘Nataline’. Após o roubo, pelas 19h30, na rua D. Pedro V, usaram os cartões de crédito em levantamentos e compras, em que gastaram mais de três mil euros.

“Eles entraram aqui e ela vestiu vários soutiens. Não suspeitei de nada”, disse Natália Maia, que esteve amarrada com fita-cola dentro do quarto de banho da loja durante uma hora. Foi agarrada pelo homem quando a senhora experimentava os soutiens. “Agarrou-me por trás com uma pistola e disse que me matava”, referiu Natália Maia, de 38 anos. Depois de exigirem os cartões de multibanco, os assaltantes regressaram. “Acho que não memorizaram os códigos certos e vieram ameaçar-me outra vez para os dar”, acrescentou.

Uma hora depois, de bater na porta e gritar por socorro, Natália Maia conseguiu libertar-se e ligou de imediato ao marido. “Eu estava em Braga e fiquei logo preocupado”, disse José Correia, que tem um talho na mesma rua e enviou os empregados para ajudar a esposa.

Os suspeitos continuavam ontem a monte, apesar das várias diligências da GNR e da PJ.

Pedro Sales Dias