Select Page

Aluguer de carros baratos vira opção de última hora para assistir decisões históricas das ligas europeias

O futebol europeu vai viver uma situação inusitada neste final de época. Pela primeira vez na história as suas duas mais importantes competições de clubes terão em suas decisões clubes de um só país. A chegada de gigantes ingleses para brigar pelas taças da Champions League e da Europa League despertou uma atenção bem maior do que a usual – que já não era pequena – para os confrontos, o que acabou a tornar um pouco mais difícil a vida de quem deixou para última hora o planeamento para comparecer às decisões marcadas para, respetivamente, Madrid (Espanha) e Baku (Azerbaijão). Os ‘retardatários’ encontram no aluguer de carros uma opção para tentar driblar a dificuldades e os altos preços para conseguir passagens de comboio ou avião rumo aos cenários desses momentos históricos.

A capital espanhola vai receber o duelo entre Liverpool e Tottenham. Os vermelhos, habituais frequentadores de decisões continentais, brigarão pela ‘Orelhuda’ com um novato nesse tipo de partida no recém-construído Wanda Metropolitano, estádio do Atlético de Madrid. Para cobrir os quase 600 quilómetros que separam a Trofa da sede do evento, é possível encontrar veículos com diárias que oscilam entre 60 e 150 euros na Europcar https://www.europcar.pt dependendo do grau de sofisticação do carro.

Economia pode ajudar na hora da compra dos ingressos

A pesquisa de preços na busca pelo aluguer de carros baratos em https://www.aluguerdecarrosbaratos.pt/ pode acabar a ajudar na hora de equilibrar o orçamento da viagem, uma vez que o maior custo dessa viagem não é com o transporte ou mesmo a alimentação. Encontrar ingressos disponíveis, que muito provavelmente apresentarão um sobrepreço substancial, é o grande desafio para quem tomou a decisão de assistir os encontros em cima da hora.

Os aventureiros têm mais possibilidades de conseguir ingressos para a decisão da Europa League, que será disputada em Baku, capital do Azerbaijão, entre os londrinos Chelsea e Arsenal. O motivo é a velha lei da oferta e procura. A busca por esses tíquetes é mais baixa justamente pela dificuldade para chegar ao local da decisão.

Assim, quem tiver a coragem para cobrir os pouco mais seis mil quilómetros que separam Trofa da sede da final do torneio numa viagem cuja duração é estimada – sem as paradas – em cerca de 70 horas, terá chances bem maiores de conseguir bilhetes e com preços não tão salgados. Além, naturalmente, de excelentes histórias para contar para filhos, netos e bisnetos.

Pode até ser o primeiro capítulo de um livro de histórias de viagens para decisões de campeonatos de futebol. Para a temporada 2019/2020, a Uefa, entidade que organiza as duas competições, selecionou a polonesa Gdansk, que fica a pouco mais de 3,1 mil quilómetros de Trofa, para receber o jogo decisivo. Nada que aproximadamente 31 horas de carro não resolvam. Para a edição seguinte da Champions League, Istambul, a capital turca, foi eleita como sede da final. A distância é um pouquinho maior. São quase quatro mil quilómetros de estrada e cerca de 40 horas de pé no acelerador para chegar até lá. Quase nada para quem superou a missão Baku.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização