A Cruz Vermelha da Trofa está a sentir dificuldades em angariar “agasalhos” para as pessoas mais carenciadas. A razão é simples.

Ultimamente a comunidade trofense tem depositado a roupa nos contentores, espalhados pelo concelho, contando que esta se destina ao núcleo da Cruz Vermelha da Trofa. Porém, a roupa que lá é colocada, destina-se ao núcleo de Braga, como se pode ler nos contentores.

Por essa razão, e devido ao aviso de descida de temperaturas para os próximos dias, a Cruz Vermelha apela a “quem quiser dar roupa para as pessoas carenciadas da Trofa, que a entreguem diretamente na sede da Cruz Vermelha”, núcleo trofense, para que depois possa ser “encaminhada para a lojinha na rua junto à papelaria Novo Mundo”.

{fcomment}