Com o aumento do leque de serviços prestados às empresas e à população do Baixo Ave, a AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave decidiu efectuar uma mudança de instalações, que agora se situam no Centro Comercial Nova Trofa. Com cerca de 500 metros quadrados, o novo espaço revela-se mais funcional, permitindo centralizar todos os serviços, áreas técnicas e salas de formação, para as centenas de pessoas que frequentam diariamente as instalações da Associação.

A necessidade de criar mais espaço e melhores condições de acolhimento para as centenas de pessoas que acorrem à AEBA, na área da Formação Profissional e do Centro de Novas Oportunidades (CNO), resultou na decisão de encontrar um novo local. “Teve de haver até agora uma racionalização do espaço e tivemos também de nos socorrer de outras estruturas, para conseguirmos avançar com as acções de formação. Além disso, temos sempre diversos grupos do Centro de Novas Oportunidades a funcionar com sessões em simultâneo, o que complica mais a situação, para além dos atendimentos da Univa e dos associados da AEBA”, explica a AEBA em nota enviada ao NT.

A escolha do local para as novas instalações, situadas no Centro Comercial Nova Trofa, prendeu-se com vários motivos. “As vantagens eram evidentes: primeiro situam-se junto dos serviços da AEBA, da Rua das Indústrias, e segundo, estão junto às futuras instalações, que estão em fase de remodelação. Adicionalmente, foi factor decisivo a acessibilidade e a possibilidade de se qualificar um espaço, quase devoluto à altura, numa zona nobre da cidade da Trofa, junto ao pólo II da Câmara Municipal da Trofa, com quem nos relacionamos diariamente, optimizando os recursos”, refere a mesma nota.

Com cerca de 500 metros quadrados, as novas instalações apresentam um espaço mais funcional, permitindo centralizar todos os serviços, áreas técnicas e salas de formação no mesmo local, por sua vez, “um espaço amplo, com salas grandes, com excelente exposição solar, que permite a entrada de luz natural, cuja adaptação já permite uma climatização adequada à melhor saúde e ao rendimento de todos quantos lá trabalham e estudam”. O novo espaço permitirá ainda eliminar brevemente as barreiras às pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida.

Uma área de atendimento geral, dois gabinetes de atendimento individual, duas áreas técnicas, uma sala de reuniões, um gabinete de direcção, uma área de promoção associativa e secretariado e cinco salas de formação integram as novas instalações da AEBA, que viu a dimensão das suas instalações ser aumentada para cerca do dobro, passando dos actuais 260 para os 500 metros quadrados.

A “consolidação dos serviços da AEBA e o incremento da qualidade” são as principais metas a atingir, de momento, com este novo espaço. “Estão previstas novidades, mas que serão apresentadas em momento oportuno, nomeadamente acções concretas de apoio ao comércio local e ao empreendedorismo, em parceria com a Câmara Municipal da Trofa”, pode ainda ler-se na nota.

No último trimestre de 2008, a AEBA integrou 70 pessoas nos cursos de Educação e Formação de Jovens (CEF’s) e de adultos (EFA). Ao CNO recorrem anualmente 1100 adultos e são cerca de 1300 os activos que procuram apoio na Univa para a procura de emprego.