“Promover as capacidades de gestão e de inovação nas micro, pequenas e médias empresas, elevando os níveis de qualificação dos empresários, através de um itinerário formativo ajustado às necessidades específicas de cada um”, é um  dos objectivos da iniciativa Formação para Empresários, organizada pela AEBA (Associação Empresarial do Baixo Ave).

Os destinatários desta formação são empresários cujas organizações empreguem um número igual ou inferior a cem colaboradores, quer sejam empresários em nome individual, sócios gerentes ou administradores com participação de capital. Os filhos de empresários, “potenciais herdeiros do negócio”, podem igualmente beneficiar desta iniciativa.

Num total de 125 horas, a actividade prevê 75 horas de formação teórico-prática em áreas como a liderança e organização do trabalho, estratégia e instrumentos de apoio à gestão, acrescido de 50 horas de consultoria formativa na empresa.

“Existem dois níveis de formação: o nível base, sem requisitos mínimos de escolaridade, e o nível avançado, que é realizado em articulação com um estabelecimento de ensino superior, sendo especialmente dirigido a gestores com habilitações mínimas correspondentes ao nível secundário”, explicou fonte da associação.