A ADAPALNOR realizou minicursos sobre orquídeas e plantas medicinais. Pequeno número de inscritos não desmotivou presidente da coletividade, que destacou a “participação ativa”.

Conselhos e cuidados a ter com as orquídeas preencheram o minicurso realizado pela ADAPALNOR – Associação de Defesa do Ambiente e do Património do Litoral Norte -, e ministrado pelo fitopatologista Jaime Vieira. Durante a manhã de sábado, 9 de novembro, o presidente da associação falou aos 11 participantes de orquídeas, especialmente das epífitas, vulgarmente conhecidas por orquídeas de interior.

Jaime Vieira descortinou as condições que se assemelham ao seu habitat natural, como luminosidade, temperatura, rega e humidade. Alguns exemplares de orquídeas rupícolas portuguesas, existentes nas serras de Aires e Candeeiros, também foram abordados.

À tarde, o curso virou-se para as plantas medicinais, cujo primeiro módulo versou sobre “colheita, segurança, lavagem, desinfeção, secagem e conservação”. Jaime Vieira explicou os cuidados a ter na dosagem em infusões, chás e tisanas e o seu modo de preparação. O mesmo se passou em relação a decocções, tinturas e cataplasmas.

Para Jaime Vieira, o pequeno número de participantes não é desmotivante, dada a “participação ativa durante o curso, o que levou a que o mesmo terminasse bastante para além da hora prevista”. “O balanço é muito positivo, sobretudo pela troca de experiências expostas pelos participantes e, sobretudo, pela manifesta vontade de aprender, de melhorar os seus conhecimentos e de participar, cada vez mais, na defesa do meio ambiente”, revelou o também presidente da ADAPALNOR.

A associação vai participar na Feira de Natal do Coronado, nos próximos dias 6,7 e 8 de dezembro, na qual vai realizar, “pelo menos, duas palestras relacionadas com o meio ambiente”. Em breve, afirmou Jaime Vieira, serão anunciadas “atividades natalícias” nas instalações da sede da coletividade, em Mendões, em S. Mamede do Coronado.

A ADAPALNOR está presente nas redes sociais, no Facebook (pesquisar por “ADAPALNOR”) e pode ser contactada através do email dapalnor@gmail.com.