quant
Fique ligado

Edição 447

ADALPANOR explica cuidados a ter com orquídeas e plantas medicinais

Publicado

em

 

A ADAPALNOR realizou minicursos sobre orquídeas e plantas medicinais. Pequeno número de inscritos não desmotivou presidente da coletividade, que destacou a “participação ativa”.

Conselhos e cuidados a ter com as orquídeas preencheram o minicurso realizado pela ADAPALNOR – Associação de Defesa do Ambiente e do Património do Litoral Norte -, e ministrado pelo fitopatologista Jaime Vieira. Durante a manhã de sábado, 9 de novembro, o presidente da associação falou aos 11 participantes de orquídeas, especialmente das epífitas, vulgarmente conhecidas por orquídeas de interior.

Jaime Vieira descortinou as condições que se assemelham ao seu habitat natural, como luminosidade, temperatura, rega e humidade. Alguns exemplares de orquídeas rupícolas portuguesas, existentes nas serras de Aires e Candeeiros, também foram abordados.

À tarde, o curso virou-se para as plantas medicinais, cujo primeiro módulo versou sobre “colheita, segurança, lavagem, desinfeção, secagem e conservação”. Jaime Vieira explicou os cuidados a ter na dosagem em infusões, chás e tisanas e o seu modo de preparação. O mesmo se passou em relação a decocções, tinturas e cataplasmas.

Para Jaime Vieira, o pequeno número de participantes não é desmotivante, dada a “participação ativa durante o curso, o que levou a que o mesmo terminasse bastante para além da hora prevista”. “O balanço é muito positivo, sobretudo pela troca de experiências expostas pelos participantes e, sobretudo, pela manifesta vontade de aprender, de melhorar os seus conhecimentos e de participar, cada vez mais, na defesa do meio ambiente”, revelou o também presidente da ADAPALNOR.

A associação vai participar na Feira de Natal do Coronado, nos próximos dias 6,7 e 8 de dezembro, na qual vai realizar, “pelo menos, duas palestras relacionadas com o meio ambiente”. Em breve, afirmou Jaime Vieira, serão anunciadas “atividades natalícias” nas instalações da sede da coletividade, em Mendões, em S. Mamede do Coronado.

A ADAPALNOR está presente nas redes sociais, no Facebook (pesquisar por “ADAPALNOR”) e pode ser contactada através do email dapalnor@gmail.com.

Publicidade

 

Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 447

Interculturalidade celebrada com almoço

Publicado

em

Por

 

A interculturalidade vai estar em voga na Trofa e no país, no dia 24 de novembro, com a iniciativa “Família do Lado 2013”. Promovida anualmente pelo Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, a atividade visa o intercâmbio entre famílias trofenses e estrangeiras, através do Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII).

“’Família do Lado’ é uma ação que se reveste de um cariz de proximidade entre famílias autóctones e imigrantes através da realização de um processo de construção de uma relação”, afirmou fonte da autarquia. A iniciativa culmina com um almoço, na casa das famílias aderentes, pelas 13 horas, para “a troca de culturas, costumas e tradições”.

Segundo a mesma fonte autárquica, esta atividade “é transnacional e desenrola-se desde 2004, contando com a participação de famílias de vários países nomeadamente Portugal, República Checa, Malta, Itália, Espanha, Hungria, Bélgica e Eslovénia, através da rede CLAII”.

Os interessados em saber mais da iniciativa podem contactar o CLAII, na Rua Conde S. Bento, Centro Comercial da Vinha, ou através do telefone 252 403 690.

Continuar a ler...

Edição 447

Vamos florestar a Trofa! E tu, vais ficar em casa?!

Publicado

em

Por

“Vamos florestar Portugal! E tu, vais ficar em casa?!”. O desafio é feito pela estrutura local do Amo Portugal, que convida os trofenses a passarem “para o lado da solução”, uma vez que os “problemas”, como “os incêndios florestais, a eucaliptização desenfreada, a exploração intensiva, a extração de inertes, as plantas invasoras, o abandono e o despejo ilegal de resíduos não são eternos”.

Nesse sentido, a organização está a preparar uma “manhã cheia de atividades” no dia 23 de novembro, onde vão ser plantadas “árvores autóctones, como Azinheira, Cerejeira-brava, Carvalho-português, Carvalho-negral, Carvalho-alvarinho, Medronheiro, Zambujeiro, Sobreiro, Amieiro, Freixo, Borrazeira-negra, Salgueiro-branco, Ulmeiro, Amieiro, Freixo e Choupo-negro”.

“Já mais de meio Portugal se organiza para Florestar Portugal e a Trofa não é exceção”, avançou fonte da organização, convidando a comunidade trofense a registar-se como voluntário, através do sítio na estrutura local Trofa (http://www.amoportugal.org) ou através de e-mail para (amoportugal.trofa@gmail.com).

Para saber mais informações pode aceder ao blogue (http://amoportugal-trofa.blogspot.pt) ou à página do Facebook (http://www.facebook.com/amoportugaltrofa).

Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também