Acólitos de várias paróquias da vigararia da Trofa fizeram compromisso durante eucaristia de domingo.

O branco das túnicas envergadas pelos acólitos encheu a Igreja Nova, em S. Martinho de Bougado. Durante a eucaristia, no domingo, aqueles que “servem o altar” fizeram ou renovaram o seu compromisso. Os acólitos de S. Martinho convidaram outros grupos da vigariaria, e Alvarelhos, S. Mamede do Coronado e Santiago de Bougado aceitaram o desafio. Foram cerca de 50 acólitos a participar na cerimónia.

“Foi uma festa especial em que alguns acólitos receberam a sua túnica pela primeira vez e os mais velhos renovaram o seu compromisso”, explicou António Azevedo, responsável do grupo da Trofa.

Luciano Lagoa, pároco de S. Martinho e Vigário da Trofa/Vila do Conde, reconheceu que a presença de meia centena de acólitos “deu um colorido diferente à cerimónia e é algo para continuar, descentralizando-se e fazendo encontros noutras paróquias”. “É interessante ver a movimentação de gente nova, pois, apesar de os jovens estarem um pouco afastados da vida religiosa, há ainda jovens que têm vontade de servir a igreja”, acrescentou.