Academia Socialista 2

Liderou a Juventude Socialista (JS) da Trofa, e é, atualmente, líder da bancada socialista da Assembleia Municipal e presidente da Mesa da Comissão Política Concelhia do PS Trofa. Estes foram os motivos que levaram à escolha de Pedro Ortiga para orador da 1.ª edição da iniciativa “Academia Socialista – JS Trofa à Conversa com…”, que decorreu na sede do partido, no Edifício Nova Trofa.
Ao longo da sessão, Pedro Ortiga “partilhou experiências” que adquiriu nas “diferentes estruturas que integrou”, ao “longo dos anos” e deixou “inúmeros apelos” para que “os jovens se dediquem e participem cada vez mais nas diferentes associações do concelho”. “Se os jovens se interessarem cada vez mais pela cidadania, pelos movimentos associativos, pelas causas comuns e pelas pessoas, então assim, o concelho da Trofa sairá enriquecido”, salientou.
Pedro Ortiga, que liderou a JS Trofa entre “2005 e 2007”, enalteceu “a evolução” da estrutura e o seu “crescimento ao nível da militância”, esperando que a mesma “continue a crescer e que esse crescimento consiga captar mais trofenses, especialmente nas freguesias do Coronado, Covelas e Alvarelhos, onde a dificuldade em dar voz aos jovens foi sempre mais sentida”.
Para Amadeu Dias, presidente da JS Trofa, a Academia Socialista foi “um sucesso”, uma vez que “este tipo de iniciativas recolhe simpatia e motiva os jovens a participar”. “Já passava da meia-noite quando terminamos a sessão, o que diz muito do interesse que esta tertúlia despertou, num dia de semana, com temperaturas baixas e época de exames para muitos dos participantes”, referiu.
Quanto à escolha do orador, o presidente afirmou que “era óbvia”, uma vez que foi “o primeiro presidente da JS, depois de um grande hiato de tempo pelo qual a estrutura esteve apagada”, e pelo “percurso notável no PS”.

Amadeu Dias reeleito presidente da JS Trofa

Em novembro realizaram-se as eleições para a liderança da JS da Trofa, ao qual Amadeu Dias se recandidatou, tendo vencido “sem qualquer voto contra”. Procedeu-se à eleição da Comissão Política Concelhia, com Daniel Vasconcelos a presidir a Mesa e a constituição do Secretariado Concelhio por Amadeu Dias, Nuno Moreira, Luísa Felizardo, Miguel Cardoso, Luís Amorim, Ana Silva, Jaime Paulo, Bruno Soares e Joana Santos, e da vice-presidência da JS Trofa, por Bruno Soares, após a sua aprovação com “15 votos a favor e zero votos contra e abstenções”.
No último Congresso Distrital, a JS da Trofa “reforçou a sua posição” na Federação da JS Porto e na Federação do PS Porto, através da eleição, como efetivos, de Bruno Soares e Miguel Cardoso, e, como suplentes, de Ana Ferreira, Daniel Silva e Luís Amorim, na Comissão Politica Distrital da JS, e de Luísa Felizardo para o Secretariado-Distrital. Por “inerência” do cargo de presidente da JS Trofa, Amadeu Dias fica na Comissão Política Distrital da JS e foi eleito para a Comissão Política Distrital do PS.