O 20º aniversário da Academia de Alex Ryu Jitsu de Ribeirão está a ser comemorado com pompa e circunstância.

O espaço fundado e liderado pelo mestre Miguel Alexandre, residente na Trofa, é já uma referência nacional, “símbolo de vitalidade desportiva e marcial da vila de Ribeirão e do concelho de Vila Nova de Famalicão”.

A academia está fortemente vocacionada para a área da defesa pessoal e competição desportiva.

Os atletas ribeirenses têm conseguido bons resultados a nível regional, nacional e internacional e 2011 já está marcado por muitos títulos alcançados.

No dia 12 de março, no pavilhão de Delães, disputou-se o campeonato regional de juniores e seniores, do qual sagraram-se campeões os atletas Vítor Ferreira, Sérgio Nuno, Pedro Pontes e Nelson Fonseca e vice-campeão o atleta Rui Araújo. A academia arrecadou ainda o 1º lugar por equipas.

Já o campeonato regional de Light Contact, nos escalões de bâmbis a juvenis (dos cinco aos 15 anos) teve lugar no pavilhão gimnodesportivo Moinho de Vento, em Ribeirão, no dia 9 de abril. A prova estava integrada nas comemorações dos 20 anos da Academia de Ribeirão e teve “um grande êxito”, contando com mais de 110 atletas.

Da Academia de Ribeirão destacou-se o atleta João Faria que, pela sua garra, técnica e vontade de vencer, foi conseguindo ultrapassar as várias eliminatórias e sagrar-se campeão regional.

Depois das filtragens dos regionais, a Academia de Ribeirão alcançou três títulos nacionais no Campeonato Alex Ryu Jitsu Light-Contact “Open”, no dia 7 de maio, no pavilhão das Lameiras, em Famalicão. João Faria, Pedro Pontes e Vítor Ferreira foram os vencedores, enquanto Rui Araújo, Nelson Fonseca e João Silva foram vice-campeões.

No dia 14 de maio, a Academia de Ribeirão deslocou-se a Alenquer para participar no Campeonato Nacional de Kempo Chinês, onde se destacaram os atletas Tiago Faria e Pedro Pontes, que conquistaram o título nacional da modalidade.

“Perante estes excelentes resultados alcançados, é justo salientar uma forte personalidade com grande evidência pela dedicação e liderança da modalidade na Academia de Ribeirão, que é o mestre Miguel Miranda Alexandre. Ele é, sem dúvida, um exemplo a seguir com um invejável currículo com mais de 35 anos de prática de Artes Marciais”, referiu fonte da academia.

A Academia de Ribeirão realiza os treinos às segundas, quartas e sextas-feiras no Salão Paroquial de Ribeirão das 19 às 20.30 horas.

 

{fcomment}