O Rancho Folclórico de Alvarelhos tem, desde o dia 26 de novembro, novos corpos diretivos. Abílio Azevedo é o presidente.

Dezasseis anos depois de ter assumido a direção do Rancho Folclórico de Alvarelhos, Laurinda Rodrigues “passou a pasta” para Abílio Azevedo, que foi eleito para o triénio 2013/15, na Assembleia Geral realizada no dia 26 de novembro, na sede do grupo.

Na presença de 47 associados, Laurinda Rodrigues foi homenageada com “uma pequena lembrança com a sua imagem”, por todo o seu trabalho efetuado ao longo destes anos em prol do Rancho Folclórico, sendo vista por todos os associados como uma pessoa “lutadora, dedicada e corajosa”.

O novo presidente elogiou a cessante, convidando-a a integrar a lista do Conselho Fiscal como presidente.

Com estes novos corpos gerentes começa “uma nova etapa na vida social” do grupo e Abílio Azevedo espera que estes sejam uma “mais-valia para a sua dinamização”, dando continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo dos 16 anos de existência. O corpo diretivo tem na presidência da direção, da mesa da assembleia e do conselho fiscal Abílio Azevedo, Joaquim Oliveira e Laurinda Rodrigues, respetivamente.

O presidente encara de uma forma “otimista e com esperança” a sua nomeação, esperando que tudo corra pelo “melhor”. Consciente da “responsabilidade muito acrescida” que tem, Abílio Azevedo, que na anterior direção era vice-presidente, vai trabalhar de “maneira organizada e transparente” para com a sua equipa. Para atingir os seus objetivos, espera contar sempre com “a ajuda” da sua equipa, componentes, sócios, simpatizantes e alvarelhenses, acreditando no “bom povo da minha terra”.

Para si, o projeto “mais importante” é a “conclusão do pagamento da nova sede” do grupo folclórico como também “algumas obras de restauro”. “A nova direção pretende liquidar o quanto antes a parte restante do imóvel, concluir as obras da sede, rentabilizar mais o imóvel com o bar e diversas atividades, tratar de diversa documentação que possa ser importante para benefícios da associação”, avançou, mencionando que espera contar com “a colaboração de todos”, desde Câmara Municipal da Trofa, Junta de Alvarelhos e população, para que seja possível “continuar a divulgar a cultura da freguesia e do concelho”.

Outro dos projectos futuros para pela “ formação de um rancho infantil” e dinamizar o novo espaço com “uma escola de música e outras atividades”. Também é um dos seus objetivos a recriação de “uma antiga feira tradicional de Alvarelhos”, que vai consistir na “venda de produtos agrícolas, material de artesãos, entre outros produtos, contando com a presença de alguns ranchos convidados para relembrar os tempos antigos”. Além disso, pretende informar, “periodicamente e em lugares públicos”, os sócios e alvarelhenses sobre “todas as atividades do grupo, bem como o relatórios de contas e outros assuntos”.

A próxima atividade do Rancho de Alvarelhos será o cantar as janeiras pela freguesia, com início marcado para o dia 10 de dezembro, a começar no lugar Aldeias do Nascente.

{fcomment}