José Sá e toda a equipa da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado encetam os últimos esforços para que a Feira Anual da Trofa seja mais uma vez um sucesso. 

Já passaram 66 anos desde a primeira edição da Feira Anual, também conhecida por Feira Grande. Está quase tudo a postos e a Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado desdobrase nos últimos esforços para reparar
uma iniciativa que é já referência no País. Esta é a opinião de José Sá, presidente da Junta de Freguesia, que reconhece que “esta é uma das melhores feiras nacionais de agropecuária”. 

O autarca quer manter o carimbo de qualidade a que a Feira Anual já habituou, por isso promete a mesma qualidade com menos recursos. É que, este ano, o certame não conseguiu fugir à crise e o orçamento equivale a “cerca de 50, 60 por cento do ano passado”. “Todos temos que tomar medidas para poupar, para salvarmos a situação do País. No entanto, estou confiante de que vamos ter uma feira ao nível das anteriores”, salientou.

Para além das restrições financeiras, a Junta de Freguesia tem que ultrapassar outros obstáculos para manter a qualidade da iniciativa, como “o espaço” que é “limitado” e “não permite que a feira se torne mais ampla e organizada”. E depois, o tempo para a montagem dos espaços é reduzido, porque esta só pode ser feita depois da última feira semanal antes do certame. “Para além disso, há participantes que têm dificuldades em liquidar os seus alugueres”, acrescentou.Na opinião do autarca, apesar de todas as dificuldades, a realização desta feira nunca pode estar em causa, por constituir já “uma tradição acérrima nesta terra”. “Como responsável pela sua organização, considero-a imprescindível”, afirmou, enquanto explicava que o certame “não dá só dores de cabeça e prejuízo”, mas também “receitas”, que ajudam a custear o investimento. 

O trabalho intenso nos dias que antecedem o certame nunca é dado como perdido, até porque a Feira Anual ajuda o setor primário, sendo “um estímulo e uma oportunidade” para os agricultores mas também para as empresas que se dedicam à comercialização de alfaias agrícolas. A Junta aguarda com expectativa os dias 2, 3 e 4 de março que, à boleia de boletins meteorológicos favoráveis, prometem levar milhares de pessoas ao recinto da Feira Anual da Trofa.

Praça da Alegria em direto da Feira

O programa Praça da Alegria da RTP1 vai estar em direto na próxima sexta-feira do recinto da Feira e Mercado da Trofa. Hélder Reis apresenta a partir da Trofa a Feira Anual ao País e ao mundo mostrando um dos cartazes turísticos do concelho da Trofa. A partir das 10 horas da manhã pode assistir à abertura oficial da feira anual através do canal 1 da RTP ou se preferir pode deslocar-se ao recinto da feira.

 

 

{fcomment}