Ribeirão venceu Chaves

Com este triunfo histórico, o Ribeirão pode ascender à liga de Honra, caso seja superior à Oliveirense, nas duas mãos do play-off final. Já o treinador Lito Vidigal assinou contrato com o Estrela da Amadora, substituindo Daúto Faquirá.

   O Ribeirão garantiu a presença no Play off de subida à Liga de Honra, depois de ontem ter vencido, por 1-0, o Desportivo de Chaves. A equipa contou com grande apoio dos adeptos, que à semelhança dos trofenses também não deixaram de fazer uma bandeira gigante azul e branca perto do Estádio dos Passal.

Como seria de esperar, tendo em conta a importância de encontro, assistiu-se a um duelo muito disputado, com entrega total de todos os jogadores.

Ao contrário do que se fazia esperar, o Chaves não jogou para o empate (suficiente para assegurar o primeiro lugar o grupo) e deu bastantes dores de cabeça ao adversário.

No entanto, o Ribeirão foi a equipa mais feliz neste jogo, já que o avançado Pires marcou o único golo do encontro quando estavam decorridos 42 minutos.

O jogo perdeu qualidade até ao fim da primeira parte, mas no período complementar o Chaves entrou mais diligente, esteve mais perto de chegar à igualdade, mas o Ribeirão, muito bem organizado a meio-campo e no sector defensivo, não deu qualquer hipótese para os flavienses alterarem o marcador.

A vitória dos locais ditou uma invasão pacífica do campo, após o apito final do árbitro.

Com este triunfo histórico, o Ribeirão pode ascender à liga de Honra, caso seja superior à Oliveirense, nas duas mãos do play-off final.

Com este feito, o técnico do Ribeirão deu o salto na carreira, ao ser contratado pelo Estrela da Amadora, para comandar a equipa na primeira liga em 2008/2009. Lito Vidigal substituiu assim, Daúto Faquirá, que rumou ao Vitória de Setúbal.