600 crianças participaram no concurso promovido pela Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado. Desafio era desenhar Moinho da Abelheira.

A visita ao Moinho da Abelheira serviu de inspiração aos meninos das escolas básicas do 1º ciclo de S. Martinho de Bougado. A Junta de Freguesia desafiou as crianças a desenharem o moinho e o resultado foi a participação de cerca de 600 crianças. Os desenhos estiveram expostos no auditório da Junta de Freguesia e os melhores foram premiados. Ana Gomes, da escola de Finzes, foi a 1ª classificada, seguida de Tiago Daniel, da Esprela, e de João Sousa, de Paradela.

António Paulino, diretor do Agrupamento Vertical de Escolas da Trofa, enalteceu a iniciativa, que tinha “dois objetivos nobres”. O primeiro era “abrir a escola à comunidade” e “divulgar o património”. “Esta é uma pequena mostra da riqueza patrimonial que a freguesia tem. Por outro lado, salientar a capacidade que a Junta tem em coordenar com as escolas a importância da preservação do património”, frisou.

 

O responsável afirmou ainda que, atualmente, a escola está mais aberta à comunidade: “É imperioso que isso aconteça para, por um lado, corresponsabilizar os agentes no processo educativo e não só os educadores e, por outro, a necessidade de os professores contarem com a ajuda de outros agentes externos”.

O presidente da Junta de Freguesia, José Sá, reconhece a importância da dinamização deste tipo de iniciativas: “O objetivo deste concurso é fazer algo que proporcione às crianças uma aula diferente que lhes possa ensinar tanto como nas que têm dentro da escola e mostrar o património da freguesia”.

Os prémios aos vencedores serão entregues no primeiro dia da ExpoTrofa, no dia 2 de julho, pelas 21 horas.

{fcomment}