O torneio Trofense Cup juntou cerca de 500 crianças no Complexo Desportivo, em Paradela. A equipa do Fão foi a grande vencedora.

Depois de dois dias de futebol, José Marques e Gonçalo Santos divertiram-se no papel de relatadores. Os atletas do Centro Recreativo de Bougado e do Trofense C, respetivamente, descreviam as incidências de uma das partidas mais importantes: o 3º e 4º lugares estavam a ser discutidos pelas outras equipas do Trofense e a vitória acabou por sorrir à formação A, que marcou três golos à formação B.

Do outro lado do Complexo Desportivo, em Paradela, disputava-se a grande final do Trofense Cup. Depois de três anos consecutivos a ficar em casa, desta vez a Taça foi para o Fão, que venceu o Ribeirão por 2-1.

Dezasseis equipas, e cerca de 500 jovens, participaram na 5ª edição do torneio organizado pelo departamento de formação do Trofense. Do clube participaram três grupos, mas a Trofa também esteve representada pelo Centro Recreativo de Bougado e pela seleção concelhia de futsal.

José Marques veste a camisola da coletividade bougadense e admite, com um sorriso, que “foi muito divertido” participar no Trofense Cup, apesar “de não ter corrido bem para a equipa, pois sofreu quase só goleadas”. “Para a próxima, temos que aplicar mais as nossas táticas e jogar melhor. Não podemos culpar só um jogador, porque toda a equipa esteve mal”, referiu.

Já Gonçalo Santos afirmou que a prestação da equipa “foi boa”, pois conseguiu “dar algumas goleadas”, e gostava que “houvesse mais torneios durante o ano”.

Os atletas da equipa vencedora não escondiam a alegria por levantar o “caneco” do torneio. Miguel Monteiro confirmou que os colegas “estavam muito contentes” e explicou que o segredo para a vitória foi “nunca desistir”. Este jogador foi também o melhor marcador da prova, com 15 golos apontados, enquanto João Carlos, do Trofense A foi considerado o melhor guarda-redes. Já o título de melhor jogador foi atribuído a Rubenito, também do Trofense A, e o Centro Recreativo de Bougado venceu o troféu fair-play.

No torneio não faltou a música, com o grupo Starkids, o apoio ruidoso dos pais dos atletas e a alegria estampada nos rostos das crianças.

Veja as fotografias e a reportagem completa na edição em papel d’ O Notícias da Trofa.

{fcomment}