Seniores alertam para importância do sono e alimentação

Descanso, alimentação e actividade física foram os principais temas abordados no segundo colóquio realizado pelo Departamento de Formação do Trofense, no passado sábado, no auditório da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado.

  "O Treino Invisível no Futebol – Repouso, Lesões e Dieta" foi o primeiro tema abordado no segundo colóquio do Departamento de Formação do Clube Desportivo Trofense que, para além de profissionais de medicina, contou com a presença de quatro jogadores da equipa sénior, Vitor, Maia, Ribeiro e Cascavel.

Os jogadores expuseram alguns dos cuidados que têm diariamente para se manterem em forma e evitarem lesões, tantos nos treinos semanais, como em dias de jogos. O guardião Vitor referiu que "um jogador profissional de futebol é sujeito a um desgaste contínuo", pelo que tem de "obedecer a algumas regras essenciais para manter a boa condição física".

As lesões, segundo o guarda-redes "são o pior inimigo do atleta. Há pouco tempo recuperei de uma ruptura de ligamentos cruzados no joelho esquerdo e é com muito sacrifício que se consegue dar a volta, porque quando estamos lesionados o desejo de voltar a treinar é enorme".

Para Cascavel, avançado que foi emprestado ao Moreirense, as lesões "podem ser prevenidas desde que consigam dormir bem e ter uma alimentação equilibrada e variada". O avançado referiu que vai todos os dias ao ginásio antes dos treinos e sublinhou que se os jogadores conseguirem cumprir estas regras, conseguirão evitar muitas situações desagradáveis, como o ex-júnior Ribeiro que ainda não foi confrontado com nenhuma lesão. O atleta assegurou que não vive "obcecado" a pensar em lesões, mas sabe que se acontecer tem "profissionais de grande qualidade" que o ajudarão a debelar qualquer problema físico.

Relativamente à alimentação, Ribeiro referiu que antes dos jogos opta por "massa, arroz e carnes brancas".

 O ex-júnior não deixou ainda de incentivar os jovens presentes no auditório da Junta de S. Martinho de Bougado. "se acreditarmos e tivermos força de vontade podemos chegar ao topo".

Depois da intervenção dos jogadores, a pedopediatra Zulmira Correia abordou, com maior detalhe, a importância do descanso para os jovens atletas de formação. Para a profissional "os atletas jovens têm que dormir, pelo menos 10 horas por dia e televisão no quarto está fora de questão".

Eduardo Almeida, médico do Departamento de Formação do Trofense, referiu os primeiros cuidados a ter em conta quando o atleta contrai uma lesão e a nutricionista Michell Oliveira abordou o último tema do colóquio, "A Dieta do Jovem Desportista", enunciando alguns dos procedimentos essenciais que os jovens devem ter na alimentação.

Este foi o segundo colóquio organizado pelo Departamento de Formação do Trofense, depois de ano passado ter iniciado esta iniciativa, também no final do ano, com o tema "Diferentes Percursos até ao Futebol Profissional". Vítor Hugo, Kika, Reguila, Chico, Idalécio e Vítor foram os jogadores presentes neste primeiro colóquio.