Para “mostrar à população que está vivo e precisa de apoio”, o FC S. Romão promoveu o 1º Torneio de Futebol de 7 em 24 horas.

“A Bota da Jigueira” foi a vencedora do 1º Torneio de Futebol de 7 em 24 horas, com 16 pontos. A actividade foi organizada pelo FC S. Romão e começou às 21 horas desta sexta-feira. Esta equipa foi também a que apresentou a melhor defesa do torneio. Já o melhor marcador foi Mário Ventura, com 13 golos marcados, da equipa “A.M. Brás”, que terminou a competição em segundo lugar, com 10 pontos. Já o último lugar do pódio foi para a “Rebolation Futebol Clube”, que também obteve 10 pontos. “Black Frain/Verde Amarelo”, “Amigos da Borga”, “A Bola Chora” e “S. Romão United” foram as outras equipas que também quiseram fazer o gosto ao pé ao longo de 24 horas.

A ideia de promover um evento deste género surgiu “para mostrar à população que o clube está vivo e precisa do seu apoio”, explicou Rui Damasceno, presidente da comissão administrativa do clube há apenas dois meses, pelo que “o tempo para organizar a competição não era muito”. Para além disso, “o facto de se realizarem, em simultâneo, outras actividades desportivas e acções culturais na vila do Coronado, obrigou a que fosse idealizada uma prova de curta duração, mas de grande projecção, para chamar população, atletas e sócios do clube”, explicou o responsável.

Ao NT, Rui Damasceno fez “um balanço muito positivo”, com a presença de “muitos atletas e adeptos do clube”. “Foi uma maratona de futebol que nos deu muito prazer”, confessou. Rui Damasceno evidenciou ainda que os jogos “começaram à hora marcada e os encontros decorreram sem incidentes, num ambiente de grande desportivismo”. O presidente do clube aproveitou, ainda, para agradecer “a adesão dos atletas, dos sócios e da população”, pois “a eles se deve o sucesso da iniciativa”.

Rui Damasceno lembrou o “longo caminho que o FC S. Romão tem para percorrer”, sublinhando que “é indispensável o contributo de todos”. “Deixo aqui um convite a todos para que se associem ao nosso clube e participem nas actividades”, afirmou.

O responsável do clube romanense acredita que o torneio de futebol de 7 em 24 horas vai ser uma iniciativa a repetir, embora “com algumas alterações que vão prestigiar o evento e o FC S. Romão.