Começou, no sábado, mais uma romaria da Santa Eufémia, em Alvarelhos. A festa é uma das mais icónicas do concelho e atrai milhares de visitantes ao longo do mês de setembro ao Monte de Santa Eufémia.

A Fanfarra de Santa Maria de Alvarelhos anunciou o início da romaria, na manhã de sábado e para domingo, dia 8, houve atuação do conjunto típico Estrelas Incomparáveis, às 14 horas, interrompida, às 15.45 horas, para a celebração da missa.

A festa prossegue no próximo fim de semana, com o concerto musical, às 21.30 horas de 14 de setembro, seguindo-se a sessão de fogo de artifício. Nesse dia, há missa às 9 e às 11 horas.

No dia 15, as missas realizam-se no adro do santuário, às 7, 9 e 11 horas. Às 8 horas, há encenação das rusgas de antigamente.

Para o dia 16 está reservada a atuação da Banda de Música da Trofa e da Banda de Lousada, durante toda a tarde e no dia 21, o monte de Santa Eufémia vai ser animado com o 20.º Festival de Concertinas e Cantares do Desafio, com Aguiar de Barcelos, Carvalho de Cucana, Ângelo Veloso de Vila Verde, Loureiro de Barcelos, Bruno de Nine, Pedro Cachadinha, Zé Cachadinha, Carlos Soutelo de Barcelos, Henrique de Lindoso e Soalheira de Guimarães como cantadores. Os tocadores são Cerqueira e Pereira da Lixa. O festival começa às 15 horas.

O 44.º Festival de Folclore encerra as festas, no dia 22, a partir das 14 horas, com o Rancho Folclórico de Alvarelhos, Rancho Folclórico de Ponte da Barca, Rancho Folclórico da Casa do Povo de Sousela (Cinfães), Rancho Folclórico de S. Cipriano (Guimarães) e Rancho Folclórico de S. Miguel-o-Anjo (Vila Nova de Famalicão).