O técnico do Trofense, Tulipa, considerou obrigatório vencer segunda-feira no jogo frente ao Nacional da Madeira, que encerra a 24ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

O Trofense ocupa actualmente o 15º lugar da tabela, com 19 pontos, menos um que o Belenenses (14º classifica do com 20 pontos) que conseguiu sábado uma preciosa vitória frente ao vitória de Setúbal.

Para conseguir abandonar os lugares de descida, a equipa da Trofa tem de vencer, segunda-feira, em casa, frente ao Nacional da Madeira, quinto classificado com 39 pontos.

Apesar de considerar “muito importante” vencer, o treinador trofense admitiu que os madeirenses são “fortes”, adiantando até que considera que o plantel às ordens de Manuel Machado é dos “melhores deste campeonato”.

“Depois dos três grandes e do Sporting de Braga, para mim, o Nacional tem o melhor plantel. É um adversário forte, com uma equipa muito bem pensada. Teremos de saber explorar onde eles são mais vulneráveis, como os corredores nas transições defensivas”, disse, hoje, Tulipa.

Questionado sobre se considera que ganhar na Trofa é obrigatório, o treinador considerou que “sim”, assim como é “importante” ganhar no terreno dos adversários também.

“Ganhar na Trofa é obrigatório? Acho que é obrigatório ganhar cá e no terreno dos adversários também. Queremos é somar triunfos. Na época passada foram suficientes 26 pontos para permanecer na Liga. Penso que agora serão necessários mais dois. Como temos 19, mais três vitórias devem-nos dar a manutenção”, analisou Tulipa.

Sobre o apoio do público, o técnico disse que “é preciso que acreditem no trofense”.

“O público é importante, como na época da subida. Nas horas de dificuldades, ainda mais. Os nossos adversários sentem o apoio dos seus adeptos que são fieis ao clube, têm de acreditar em nós”, concluiu Tulipa.

O Trofense treinou hoje pela última vez na Trofa antes da recepção aos insulares. O Clube da Trofa recebeu, neste Domingo de Páscoa, o compasso nas suas instalações, num treino à porta aberta que trouxe ao estádio dezenas de adeptos.

Delfim ausente, Tiago Pinto regressa aos convocados

A ausência de Delfim e o regresso de Tiago Pinto, são as principais novidades da lista de convocados do Trofense para a recepção ao Nacional da Madeira, em jogo da 24ª jornada da Liga Portuguesa de Futebol.

O técnico Tulipa não poderá contar com o médio Delfim que se encontra lesionado, enquanto o defesa Tiago Pinto regressou à convocatória depois de dois jogos de ausência, também por lesão e pela participação em jogos oficiais da Selecção Sub-21.

Depois de terem estado ausentes de alguns treinos, o avançado Hélder Barbosa, o defesa Valdomiro e o médio Mércio, foram chamados por Tulipa, o que leva a crer que todos recuperaram das lesões que os fizeram treinar de forma condicionada, durante a semana.

O boletim clínico do Trofense fica completo com o avançado Edú Sousa.

O avançado Moustapha, o médio Rui Borges e o defesa Marco Araújo ficam de fora por opção do técnico.

O jogo entre o Trofense que segue em 15º lugar com 19 pontos, e o Nacional, 5º classificado com 39 pontos, realiza-se segunda-feira, a partir das 19:45 horas, na Trofa, sob a arbitragem de Cosme Machado (de Braga).

Lista de convocados:

– Guarda-redes: Paulo Lopes, Marco e Vítor.

– Defesas: Tiago Pinto, Valdomiro, Areias, Miguel Ângelo, Milton do Ó, Zamorano e Varela.

– Médios: Paulinho, Pinheiro, Hugo Leal e Mércio.

– Avançados: Reguila, Lipatin, Dagil, Charles Chad, Hélder Barbosa e David Caiado.

Segunda-feira, às 19:45, o encontro entre Trofense e Nacional da Madeira terá arbitragem do bracarense Cosme Machado.