O Trofense venceu hoje o Fátima por 1-0, em jogo da 17.ª jornada da Liga de Honra em futebol, disputado na Trofa, e manteve assim a esperança quanto a poder lutar pela subida.

Um golo solitário de Filipe Gonçalves, em cima do intervalo, permitiu ao Trofense conquistar três preciosos pontos, num encontro fraco.

Trofense e Fátima entraram para esta jornada apenas com um ponto de diferença e com necessidade de vencer para manterem as esperanças de lutarem pela subida.

Os locais não podiam dar-se ao luxo de desperdiçar pontos, sobretudo em casa, enquanto a equipa orientada por Rui Vitória procurava a vitória que já lhe fugia há três jornadas e redimir-se da imagem deixada na Trofa, quando, para a Taça da Liga, perdeu por 3-0.

Depois de várias situações para ambos os lados, o golo acabou por surgir mesmo em cima do intervalo, num lance em que Tiago aproveitou bem uma desatenção da defesa contrária e entregou a Filipe Gonçalves, que finalizou a jogada com um remate forte sem hipóteses para Nené.

Na segunda parte, o jogo continuou pouco interessante, com o Trofense a gerir o resultado e o Fátima a tentar empatar.

Já no quarto minuto de descontos, o Fátima dispôs de um livre em boa posição frente à baliza, mas Vilela atirou ao lado.

Jogo no estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Fátima, 1-0.

Ao intervalo: 1-0

Marcador:

1-0, Filipe Gonçalves, 45 minutos

Equipas:

 

– Trofense: Riça, Mércio, Pedro Ribeiro (Jorge Luiz, 72), Cláudio, Igor, Tiago, Hélder Sousa (Thiago Bento, 84), Romeu Ribeiro, Filipe Gonçalves, Moustapha (Charles Chad, 65) e Reguila.

(Suplentes: Marco, Ginho, Jorge Luiz, Thiago Bento, Charles Chad, Bruno Sousa e David Caiado).

– Fátima: Nené, Hélio Neto, Veríssimo, João Pereira, Branquinho (Miguel Neves, 46), Jorge Neves (Nuno Sousa, 79), Kata, Vilela, Simão, André Carvalhas (Sami, 60) e Dionísio.

(Suplentes: Hugo Pinheiro, Serginho, João Fonseca, Nuno Sousa, Miguel Neves, Mamadi e Sami).

Árbitro: Jorge Tavares, de Aveiro.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Simão (26), Moustapha (33), Romeu Ribeiro (37), Vilela (58), Pedro Ribeiro (66), Miguel Neves (86) e Thiago Bento (91).

Assistência: Cerca de 1500 espetadores.