Foto arquivo

O Trofense venceu hoje o Portimonense por 3-1, em jogo da 20.ª jornada da Liga de Honra de futebol, disputado no estádio municipal de Portimão.

O Portimonense, segundo classificado a um ponto do líder Beira-Mar, não aproveitou o deslize dos aveirenses para assumir a liderança da Liga de Honra, tendo sido surpreendido, logo aos dois minutos, pelo primeiro golo da equipa da Trofa.

O Trofense, com melhor organização tática, ampliou a vantagem, aos oito minutos, não tendo o Portimonense mostrado argumentos para virar o resultado a seu favor, apesar de ter reduzido ainda na primeira parte e, de ter falhado um penalti a quatro minutos do fim.

Os dois golos apontados nos primeiros oito minutos da partida e a melhor organização defensiva da equipa da Trofa, causaram instabilidade nos algarvios que, raramente, conseguiram abrir espaços para entrarem na área contrária, atingindo o descanso a perderem pela margem mínima.

No segundo tempo, as entradas de Wilson Eduardo e Vasco Matos trouxeram maior acutilância ao ataque algarvio, mas a “muralha” defensiva do Trofense chegava para os avançados da equipa de Litos.

A quatro minutos do final, o Portimonense desperdiçou a oportunidade igualar o encontro, quando na transformação de uma grande penalidade, Ricardo Pessoa atirou por cima da barra da baliza de Marco.

Já em período de descontos, o Trofense, em contra-ataque, fixou o resultado final em 3-1, ao aproveitar o adiantamento dos algarvios que desesperadamente tentavam evitar a derrota.

Jogo no estádio municipal de Portimão.

Portimonense – Trofense, 1-3.

Ao intervalo: 1-2.

Marcadores:

0-1, Reguila, 02 minutos.

0-2, Helder Sousa, 08.

1-2, Ricardo Pessoa, 27 (g.p.).

1-3, Filipe Gonçalves, 90+2.

Equipas:

– Portimonense: Alê, Ricardo Pessoa, João Pedro, Anilton, Nilson, Pedro Moita (Wilson Eduardo, 45), Diogo, Balú, Ivanildo (Vasco Matos, 61), Pires e João Paulo (Yero, 32).

(Suplentes: Pedro Silva, Nakamura, Garavano, Wilson Eduardo, Vasco Matos, Ruben Fernandes e Yero).

– Trofense: Marco, Mercio, Varela, Cláudio, Igor, Filipe Gonçalves, Hélder Sousa (Hermes, 88), Romeu Ribeiro, Jorge Luiz, Lica (Pedro Ribeiro, 85) e Reguila (David Caiado, 79).

(Suplentes: Riça, Hermes, Moustapha, Williams, Pedro Ribeiro, Bruno Sousa e David Caiado).

Árbitro: Lucílio Batista (Setúbal).

Acção disciplinar: cartão amarelo a Filipe Gonçalves (21), Varela (26), Igor (38), Pires (44), Yero (45), João Pedro (77), Romeu Ribeiro (84),

Assistência: cerca de 2000 espetadores.