quant
Fique ligado

Desporto

Trofense aguarda mais dez dias pela aprovação da recuperação (C/ vídeo)

Publicado

em

A situação do Clube Desportivo Trofense está adiada por mais dez dias, uma vez que na assembleia de credores, que se realizou esta tarde, sexta-feira, dia 17 de janeiro, no Tribunal de Santo Tirso, a Direção Geral de Contribuições e Impostos e a Segurança Social pediram dez dias para emitirem o pronúncio. 

Para que o plano de recuperação seja viabilizado são necessários os votos favoráveis de dois terços dos créditos subordinados e uma percentagem igual ou superior a 50 por cento dos que foram considerados detentores de “créditos comuns”.

Dos créditos subordinados, 76.52 por cento votaram favoravelmente, 9.49 votaram contra e cerca 13 por centro pediram prazo. Estes últimos correspondem à Segurança Social (cerca 1.5 por cento) e a DGCI – Direção Geral de Contribuições e Impostos (cerca de 11.5 por cento).

Já dos considerados detentores de “créditos comuns”, cerca de 34 por cento votaram favoravelmente, cerca de 26 por cento contra e cerca de 38 pediram prazo, correspondendo, uma vez mais, ao pronúncio da Segurança Social (cerca de 4.5 por cento) e da DGCI (cerca de 33.5 por cento).

A empresa Jardins Alves, Miguel Alexandre Areias Lopes (jogador Areias), Pedro Araújo, Transcovizela SA, Eurico Ferreira SA, Realvitur – Viagens e Turismo e uma empresa de representação de jogadores.

A DGCI e a Segurança Social têm agora um prazo de dez dias para emitir por escrito a sua votação. Terminado esse prazo, o Tribunal emite a votação ao administrador da insolvência do clube, que, depois de contabilizar a percentagem, comunica o resultado final da aprovação do plano de recuperação.

Publicidade

Durante a sessão, o advogado do Clube Desportivo Trofense interpelou o Ministério Público relativamente à votação da DGCI , uma vez que foram informados que a entidade tinha emitido um parecer favorável no dia 13 de dezembro. A procuradora alegou que junto ao processo não teria qualquer pronúncio.

A comprovar-se o voto favorável da DGCI, o plano de recuperação é aprovado, uma vez que perfaz 88.02 por cento (superior aos dois terços exigidos) e cerca de 71.50 por cento dos créditos comuns (quando é exigido uma percentagem superior a 50 por cento). Mas mesmo sem o voto da DGCI e da Segurança Social, os créditos subordinados já têm os votos favoráveis suficientes para ser viabilizado, faltando apenas ter a percentagem suficiente nos créditos comuns.

 

Com a aprovação do plano de recuperação o passivo do clube, que ronda os sete milhões de euros, passa a cerca de dois milhões e 300 mil euros, tendo em conta a reestruturação das dívidas e a recalendarização dos pagamentos. O plano prevê o pagamento da totalidade da dívida aos trabalhadores e à DGCI e o perdão de 80 por cento da dívida pelos restantes credores.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Desporto

S. Silvestre da Trofa: conheça o trajeto da prova

Publicado

em

Por

A S. Silvestre da Trofa realiza-se este sábado, 22 de janeiro, com início na Alameda da Estação e conta com um trajeto que passa pelo “coração” da cidade, o que vai obrigar à supressão do trânsito em várias artérias importantes.

Aconselha-se que, caso tenha de se deslocar na cidade a partir das 18h00, que estude alternativas.

Este é o trajeto da corrida:

A prova inclui também uma caminhada de cinco quilómetros, de carácter lúdico.

O trajeto é este:

Continuar a ler...

Desporto

Futsal federado: CR Bougado regressa às vitórias na Elite

Equipa de Fábio Daniel Ferreira acabou por vencer por 4-1 e subir uma posição na tabela.

Publicado

em

Por

Após quatro derrotas, na mais alta divisão da Associação de Futebol do Porto, em futsal, os seniores do CRB voltaram a sentir o sabor da vitória. FC S. Romão foi derrotado em Lousada.

A jogar perante os seus adeptos, o CR Bougado bateu o Académica de Leça e voltou, assim, a conquistar os três pontos, algo que não acontecia desde novembro. Apesar de ter entrado a perder na partida, a equipa de Fábio Daniel Ferreira acabou por vencer por 4-1 e subir uma posição na tabela.

Os bougadenses, que são agora 8.ºs classificados da série 2 da Divisão de Elite, com 16 pontos, defrontam, esta terça-feira, o Leixões, numa partida em atraso, e deslocam-se, no próximo sábado, ao terreno do GCR Vermoim.

Em sentido contrário, o S. Romão voltou a perder ao fim de quatro jogos. A equipa trofense saiu derrotada do terreno do Aparecida, por 5-3, e continua no 5.º lugar da série 1 da 1.ª Divisão, com 20 pontos.

Na próxima jornada, os romanenses recebem o AD Tarrio, atual 3.º classificado. Na série 2, também da 1.ª Divisão, o jogo entre o Alfenense e o Guidões foi adiado para o próximo mês. Os guidoenses, que são 2ºs classificados, a cinco do líder Paços de Ferreira “B”, mas menos dois jogos, recebem o mais próximo perseguidor, Juventude de Matosinhos, na próxima ronda.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também