A informação foi avançada por Sérgio Humberto à agência lusa: “último mês teve mais 500 pessoas que ficaram desempregadas” e que “não podem pagar a conta da água, os resíduos, o saneamento e a eletricidade”, contudo o presidente da Câmara não especificou em que empresas, nem em quantas, se verificou este desemprego.

As declarações do edil Trofense foram feitas a margem do anuncio da compra de  400 computadores, com internet de banda larga, para ceder aos jovens estudantes carenciados do concelho, num investimento de 150 mil euros. A aquisição do material informático enquadra-se no reforço dos apoios de emergência no concelho