O Belenenses confirmou hoje o apuramento para a segunda fase da Taça da Liga de futebol, ao vencer em casa o Trofense por 3-1, num jogo em que o árbitro Rui Silva assinalou três grandes penalidades.

Os golos de Miguel Rosa (36 minutos, de penalti), Victor Lemos (55) e Fernando Ferreira (90+1) deram aos “azuis” a liderança do grupo A e respetiva passagem, enquanto Reguila (75, de penalti) atenuou o desaire do Trofense, que fica fora da próxima fase.

A posição de líder do grupo A fazia com que o Belenenses gerisse o jogo, já que um empate servia aos comandados de José Mota para se apurarem para a fase seguinte, perante um Trofense que não mostrava argumentos para alvejar a baliza de Coelho.

Logo a abrir o encontro, Miguel Rosa viu a barra negar-lhe o golo, naquele que seria o primeiro lance de perigo do jogador emprestado pelo Benfica, que voltou a revelar ser a principal “arma” deste Belenenses e um talento que continua “escondido” na Liga de Honra.

A partida foi-se desenrolando sem grandes motivos de interesse, até que, à entrada para os últimos 10 minutos do primeiro tempo, o árbitro assinalou um puxão de Pedro Santos na área visitante e Miguel Rosa não enjeitou a possibilidade de inaugurar o marcador.

Já em tempo de descontos, Rui Silva voltou a castigar os visitantes com nova grande penalidade, mas Sidnei não teve a mesma arte do colega e permitiu a defesa de Marco.

No início da segunda parte, Santos obrigou Coelho a defesa apertada, mas seriam novamente os “azuis” a chegar ao golo, por intermédio de Victor Lemos, após passe de Miguel Rosa.

O conjunto orientado por António Sousa não mostrava qualquer capacidade de reação, mas, como não há duas sem três, Rui Silva voltou a marcar novo castigo máximo, à entrada para o último quarto de hora, desta vez a favor dos visitantes, e Reguila reduziu.

Rodrigo Antônio ainda dispôs de boa ocasião para fazer o terceiro da formação do Restelo, mas, ao cair do pano, Fernando Ferreira acabaria por carimbar o triunfo dos “azuis”, num excelente pontapé, que deixou Marco “pregado” ao relvado.

Jogo no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Belenenses – Trofense, 3-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Miguel Rosa, 36 minutos (gp).

2-0, Victor Lemos, 55.

2-1, Reguila, 75 (gp).

3-1, Fernando Ferreira, 90+1.

Equipas:

– Belenenses: Coelho, Zázá, Pedro Ribeiro, Rafael Santos, André Pires (Rodrigo Antônio, 78), Victor Silva (Tomané, 69), Fernando Ferreira, Victor Lemos, Miguel Rosa, Sidnei e Abel Camará (Tiago Almeida, 90+3).

(Suplentes: Adolfo, Duarte Machado, Ricardo Viegas, Tomané, Tiago Almeida, Rodrigo Antônio e Léo Kanú).

– Trofense: Marco, João Viana (Fábio Moura, 46), Santos, Elvis, Pedro Santos (Rafa, 66), Tiago, Edu, Pedro Araújo, André Viana (Moreilândia, 46), Reguila e Moustapha.

(Suplentes: Ricardo, Rafa, Moreilândia, Fábio Moura e André Carvalhas).

Árbitro: Rui Silva (Vila Real).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Victor Silva (20), João Viana (34), Pedro Santos (36), Pedro Araújo (37), Fernando Ferreira (52) e Rafael Santos (74).

Assistência: cerca de 300 espetadores.

Foto:arquivo

{fcomment}